indústria da carne bovina

Desafios da indústria da carne bovina nos EUA com a COVID-19

O ritmo de abate nos EUA sugere a dimensão do problema que a indústria da carne bovina enfrenta com a COVID-19.

O fato é que o USDA estimou o abate de bovinos no dia 29 de abril, em 72.000 cabeças. Contudo, no mesmo dia no ano anterior 121.000 bovinos foram abatidos. Derrell Peel, economista da Universidade Estadual de Oklahoma, nos Estados Unidos, diz que o abate diário normalmente varia de 115.000 a 120.000 cabeças, e nessa época, estaria se aproximando do que deveria ser o pico de abate sazonal para este ano, se as coisas estivessem normais.

Pois é, a indústria da carne bovina dos EUA opera com cerca de 59,5% a menor de sua capacidade normal e, abaixo de sua demanda, o que coloca em risco o fornecimento de carne bovina.

Além disso, quando se calcula o número total semanal de abate, incluindo cerca de meio dia de abate aos sábados, o abate semanal de bovinos deve ter uma média entre 620.000 a 630.000, diz Peel. Considerando os dados diários anuais de abate, a média semanal estaria em cerca de 400.000 cabeças, o que seria cerca de 36,0% abaixo da media comum do país para a época do ano.

Vale destacar também que os animais em confinamentos caíram 23% no ano devido a queda nos preços dos animais devido aos problemas do COVID-19.

A ordem executiva do presidente Donald Trump, no final de abril, de manter a indústria da carne bovina aberta sob a autoridade da Lei de Produção de Defesa de 1950 deve ajudar a retomar os abates, mas provavelmente não imediatamente. Além disso, medidas de segurança dentro das plantas podem diminuir a velocidade de produção.

Há mais flexibilidade no sistema de comercialização de gado do que nos sistemas de suínos ou aves. Aparentemente, o gado pode ser mantido mais tempo nos confinamentos do que os porcos ou aves prontos para o mercado.

O Farmnews atualiza os dados esperados de participação no consumo mundial de carne bovina por país, em 2020. Clique aqui e confira os números! E por falar no consumo mundial de carne bovina, o Farmnews também atualiza os dados dos maiores rebanhos e produtores em 2020. Clique aqui e confira os números!

A exportação do agronegócio em meio a pandemia da COVID-19 foi tema de discussão no Cepea em abril de 2020. Clique aqui e saiba mais do assunto!

O Farmnews apresenta os dados de preços do boi gordo em maio, em valores nominais e corrigidos, entre 2010 e 2019. Afinal, antes de avaliarmos a expectativa de preços do boi gordo para maio de 2020, vamos entender como se comportaram os preços do boi gordo em maio nos últimos 10 anos, entre 2010 e 2019. Clique aqui e confira!

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Adapado de FarmProgress

Desafios da indústria da carne bovina nos EUA com a COVID-19 was last modified: by