Mercado

Preço corrigido da arroba do boi gordo, dados de 2015 a 2020.

O Farmnews apresenta os dados médios mensais do preço corrigido da arroba do boi gordo, entre janeiro de 2015 e a parcial de dezembro de 2020.

Afinal, como evoluíram os preços da arroba do boi gordo ao longo dos últimos anos, segundo dados do Cepea, corrigidos pela inflação (IGP-M)?

A Tabela a seguir apresenta os dados médios mensais do preço do boi gordo, corrigido pelo IGP-M de novembro de 2020, segundo dados do indicador Cepea, entre 2015 e 2020, em Reais por arroba.

preço corrigido da arroba
Fonte: Dados do Cepea e FGV (adaptado por Farmnews)

O preço corrigido da arroba do boi gordo, em 2020, avaliada até o dia 7 de dezembro, de R$253,2, foi 23,7% maior que o valor médio anual observado em 2019 (R$205,9).

Pois é avaliando o preço corrigido da arroba do boi gordo nos últimos anos, vale destacar que em todos os meses de 2020 o valor foi superior ao observado ao mesmo período dos anos de 2016 a 2019.

É importante destacar também que em novembro de 2020 o preço médio da arroba do boi gordo alcançou o maior valor histórico do indicador Cepea, cotada a R$285,3 e 13,0% acima do preço real observado no mesmo período de 2019 (R$252,6).

Apenas o preço da arroba do boi gordo em 2015, corrigido pelo IGP-M de novembro de 2020, em alguns meses do ano (Tabela) foi maior que o valor praticado em 2020.

Na parcial de dezembro de 2020 (Tabela), o valor médio do boi gordo (R$272,5 por arroba) tem apresentado queda frente ao anterior, o que tem igualmente contribuído para a queda no preço futuro da arroba, para o contrato com vencimento em maio de 2021.

Vale destacar que o preço médio do bezerro na parcial de dezembro foi mais que o dobro do observado em dezembro de 2018. O Farmnews apresenta dados médios mensais do preço do bezerro ao longo dos últimos anos, de 2018 a 2020. Clique aqui e confira os dados!

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Preço corrigido da arroba do boi gordo, dados de 2015 a 2020. was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: