Mercado

Preço corrigido do bezerro se distancia da máxima em 2022

O Farmnews destaca para a evolução mensal do preço corrigido do bezerro, avaliado em Reais por arroba, entre o ano 2000 e a parcial de fevereiro de 2022.

Pois é, assim como avaliamos para o boi gordo, confira como tem se comportado os valores da arroba do bezerro (Cepea, Mato Grosso do Sul) corrigidos pela inflação (IGP-M de jan.-22) ao longo de mais de 20 anos?

E por falar em boi gordo, vale lembrar que o Farmnews também destaca para a evolução mensal do preço corrigido do boi gordo entre o ano 2000 e a parcial de fevereiro de 2022. Clique aqui e saiba mais do assunto!

A Figura a seguir ilustra a evolução mensal do preço corrigido pelo IGP-M da arroba do bezerro (Cepea, Mato Grosso do Sul) entre o ano 2000 e a parcial de fevereiro de 2022.

preço corrigido do bezerro
Fonte: Dados do Cepea e FGV (adaptado por Farmnews)

O preço corrigido do bezerro em 2022 acentua a queda e se distancia das máximas históricas, quando alcançou valores acima de R$500,0 por arroba em 2021.

O preço médio do bezerro na parcial de fevereiro de 2022, até o dia 22, de R$411,4 por arroba (Cepea, Mato Grosso do Sul) ficou abaixo do preço corrigido observado em fevereiro de 2021 (R$496,1 por arroba). Entre os meses de março e abril de 2021 o preço do bezerro corrigido pelo IGP-M ficou acima de R$500,0 por arroba.

É importante destacar que o preço corrigido do bezerro segue um movimento cíclico de preços (como ilustrado acima), onde um movimento de queda é seguido de um movimento de relativa estabilidade. Antes de um novo movimento de alta. Como os padrões, claro, não necessariamente se repetem da mesma forma, intensidade e tempo é importante acompanharmos esse movimento de perto e atentos.

E vale a pena lembrar que no sentido oposto ao boi gordo, o preço do bezerro segue em queda em 2022, pelo menos até a parcial de fevereiro. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Preço corrigido do bezerro se distancia da máxima em 2022 was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: