Mercado

Preço do boi gordo acentua perda no fim de julho, no físico e futuro

O mês de julho, em especial os últimos dias do mês, tem sido marcado pela forte queda no preço do boi gordo, principalmente no mercado futuro.

O fato é que a queda no mercado físico, fruto de escalas mais alongadas e uma venda de carne bovina mais fraca, tem favorecido a indústria que segue com menor intenção de compra de animais prontos para o abate. O clima favorece a maior oferta de animais e o período de férias, de menor consumo, criam um cenário favorável à queda de preço do mercado pecuário nesse momento.

O Farmnews atualiza, diariamente, os dados do mercado futuro do boi gordo. Clique aqui e confira!

Essa queda, especialmente no mercado futuro, aumenta a insegurança do pecuarista, uma vez que os valores dos contratos em julho projetam mais queda no preço do boi gordo em relação aos patamares atuais.

A queda no preço futuro do boi gordo, por exemplo, foi de 10,2% apenas na parcial de julho, até o dia 25, renovando a mínima para o vencimento em outubro de 2023 (clique aqui). E hoje (26 de julho), a perda ficou ainda maior, com a expectativa de preço para outubro negociada abaixo de R$230,0 por arroba ao longo do dia. Caso seja confirmado os patamares praticados ao longo do dia 26, em torno de R$228,0 e R$229,0 por arroba, a queda acumulada na parcial de julho subiria para 13,6%, como ilustra a Figura abaixo.

Apesar do movimento exagerado, como temos comentado, o cenário de queda no mercado físico contribui para que o mercado futuro siga especulado e, na nossa visão, com preços distorcidos quando projetando os valores para a segunda metade do ano.

A Figura ilustra a evolução diária do preço futuro do boi gordo, contrato para vencimento em outubro de 2023 (BGIV23), avaliado em Reais por arroba.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp
preço do boi gordo
Fonte: Dados da B3 (adaptado por Farmnews)

E enquanto o preço do boi gordo no mercado futuro, para outubro, caiu 10,2% entre o final de junho e a parcial de julho (25), no mesmo período, o animal pronto para o abate caiu menos, 4,2%, como revelam os dados da segunda Figura a seguir.

A Figura apresenta a evolução diária do preço do boi gordo (Cepea), em Reais por arroba, ao longo de 2023,

preço do boi gordo
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

A notícia positiva para o mês de julho foi a revisão dos dados do USDA que mostram o aumento da expectativa de produção e consumo mundial de carne bovina em 2023. Clique aqui!

Veja também que o embarque de carne bovina do Brasil para o exterior na parcial de julho de 2023 segue relativamente estável frente a 2022. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo