Mercado

Preço futuro do boi gordo: ágio frente ao físico diminui no início de julho

O preço futuro do boi gordo segue com perspectiva de valorização, mas o ágio em relação ao físico diminuiu no início de julho.

O fato é que o preço do boi gordo no mercado físico intensificou o movimento de recuperação desde a segunda metade de junho e, com isso, o ágio em relação ao preço esperado para outubro de 2023 caiu, já que o mercado do futuro do boi gordo não acompanhou na mesma proporção, pelo menos por enquanto, essa alta. Contudo, os contratos com vencimentos apresentados na primeira Figura abaixo, entre julho e outubro de 2023, seguem todos com perspectiva de preço acima do preço do boi gordo no mercado físico (Cepea).

Vale lembrar que o Farmnews atualiza, diariamente, os dados do mercado futuro do boi gordo (clique aqui).

A Figura abaixo apresenta dados do preço do boi gordo (Cepea) e dos contratos futuros, entre julho e outubro de 2023, em Reais por arroba, no dia 4 de julho.

preço futuro do boi gordo
Fonte: Dados da B3 e Cepea (adaptado por Farmnews)

Apesar da perspectiva otimista com relação ao futuro, como visto pelos dados apresentados acima, o ágio entre o mercado físico caiu entre o final de junho e o início de julho. Isso porque o preço do boi gordo (Cepea) apresentou alta maior que a observada no mercado físico, especialmente desde o final de junho, quando o preço do contrato para vencimento em outubro, por exemplo, ficou mais estável.

Vale observar que entre o final de junho e o dia 4 de julho, o preço do boi gordo (Cepea) subiu 1,8% e o contrato para outubro de 2023 ficou praticamente estável. Contudo, desde o início de maio a projeção futura de preço para a entressafra seguiu acima do preço atual no mercado físico (segunda Figura).

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

A Figura ilustra a evolução diária do preço do boi gordo no mercado físico (Cepea) e futuro, contrato para vencimento em outubro de 2023 (BGIV23), avaliado em Reais por arroba.

preço futuro do boi gordo
Fonte: Dados da B3 e Cepea (adaptado por Farmnews)

O ágio do preço futuro do boi gordo, para vencimento em outubro de 2023, caiu frente ao físico nesse início de julho, alcançando valor próximo de R$5,7 por arroba, uma perspectiva de alta de 2,2%.

Vale lembrar que ao longo da série iniciada em 2023 o ágio do preço esperado do boi gordo para vencimento em outubro de 2023 chegou a ficar mais de R$30,0 por arroba acima do físico (terceira Figura). Por outro lado, em muitas oportunidades também chegou a ficar negativo (deságio), com o preço projetado do boi gordo para outubro mais de R$20,0 por arroba abaixo do físico (Cepea).

A Figura apresenta a evolução diária da diferença, em Reais por arroba, do preço futuro para outubro de 2023 (BGIV23) e do mercado físico (Cepea), ao longo de 2023.

Fonte: Dados da Be e Cepea (adaptado por Farmnews)

É importante destacar que o ágio do preço esperado do boi gordo para outubro frente ao físico, de 2,2% é menor que a média de ganho para o animal pronto para o abate praticada ao longo dos últimos anos. Aliás, o Farmnews, que comparou a variação do preço do boi gordo entre os meses de junho e outubro ao longo dos últimos 10 anos, de 2013 a 2022. Clique aqui e saiba mais!

O Farmnews atualizou os dados da variação do preço boi gordo, do bezerro e do indicador de inflação (IGP-M) entre os meses de junho, de 2022 e 2023. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo