TC

Como investir no agronegócio na bolsa de valores (B3)?

Você já se perguntou como é possível investir no agronegócio diretamente pela Bolsa de Valores brasileira?

O agronegócio é uma parte fundamental da economia do país, e investir em empresas do setor agro pode ser uma estratégia interessante para os investidores. Neste artigo, exploraremos algumas das empresas do agro listadas na B3 (Bolsa de Valores do Brasil) e discutiremos como os investidores podem se envolver nesse segmento específico.

E nesse contexto, o contrato futuro de boi gordo tem se tornado cada vez mais popular entre as opções de investimento, seja dos mais como dos menos familiarizados ao assunto. E por esse motivo o TC vai iniciar uma série de conteúdos direcionados a esclarecer e a tirar dúvidas dos leitores do Farmnews sobre o mercado futuro do boi gordo. Então vamos iniciar falando dos códigos dos contratos de boi gordo e no próximo material falar dos contratos especificamente. Clique aqui e confira o primeiro material da série!

E não é apenas no mercado futuro que é possível investir no agronegócio. Existem diversas opções que vão além das commodities negociadas no mercado futuro, como boi gordo, milho, soja, café entre outras. Uma das opções é igualmente investir nas empresas do agro listadas na B3.

Algumas Empresas do Agro Listadas na B3.

Agrogalaxy (AGXY3): Uma empresa voltada para o fornecimento de insumos e serviços para o setor agrícola, buscando otimizar a produção e a rentabilidade do produtor rural.

SLC Agrícola (SLCE3): Especializada na produção de commodities agrícolas, a SLC Agrícola é uma das maiores produtoras de grãos do Brasil, com foco em soja, milho e algodão.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

BrasilAgro (AGRO3): Atuando no mercado de agronegócio, a BrasilAgro concentra seus investimentos em propriedades rurais produtivas e na valorização dessas áreas.

Boa Safra Sementes (SOJA3): Uma empresa dedicada à pesquisa, produção e comercialização de sementes, desempenhando um papel crucial no aumento da produtividade agrícola.

3tentos (TTEN3): Focada em soluções integradas para o produtor rural, a 3tentos oferece serviços que vão desde a comercialização de insumos até a gestão de propriedades.

Vittia (VITT3): Especializada em soluções para nutrição vegetal, a Vittia fornece produtos que visam melhorar a qualidade e o rendimento das lavouras.

JBS (JBSS3): Uma das maiores empresas globais de alimentos, a JBS atua na produção de carne bovina, suína, de frango e derivados, sendo uma presença significativa no setor agroindustrial.

Marfrig (MRFG3): Outra gigante do setor de alimentos, a Marfrig é uma empresa multinacional que se destaca na produção e comercialização de carne bovina, suína e de frango.

Minerva (BEEF3): Especializada na produção, processamento e comercialização de carne bovina, a Minerva é uma das principais players do setor.

BRF (BRFS3): Com foco em alimentos processados, a BRF é uma das maiores empresas de alimentos do mundo, atuando especialmente na produção de carne de frango e suína.

Jalles Machado (JALL3): Concentrada na produção de açúcar e etanol, a Jalles Machado contribui para o agronegócio brasileiro por meio da agroindústria canavieira.

Kepler Weber (KEPL3): Especializada em soluções para armazenagem de grãos, a Kepler Weber desempenha um papel vital na logística e preservação da produção agrícola.

São Martinho (SMTO3): Focada na produção de açúcar e etanol, a São Martinho também atua na cogeração de energia a partir da biomassa, mostrando um compromisso com a sustentabilidade.

É importante lembrar que a TC e o Farmnews se uniram para oferecer diversos materiais educativos para facilitar e contribuir cada vez mais com a inserção do produtor rural no mercado financeiro! Clique aqui e saiba mais!

Como Investir no Agro na Bolsa?

Investir no agropecuário por meio da Bolsa de Valores pode ser uma estratégia promissora, mas é essencial compreender alguns pontos-chave:

Pesquisa e Análise: Antes de investir, é crucial realizar uma pesquisa sólida sobre as empresas do setor e procurar por profissionais qualificados que possam auxiliar na tomada de decisões.

Diversificação: Considere diversificar seus investimentos em diferentes empresas e setores para reduzir os riscos associados a qualquer tipo de investimento.

Acompanhamento do Mercado: Fique atento às notícias e tendências do mercado agropecuário, pois eventos climáticos, mudanças na demanda global e políticas governamentais podem impactar as empresas do setor.

Gestão de Riscos: Como em qualquer investimento, a gestão de riscos é crucial. Estabeleça limites e esteja preparado para ajustar sua carteira conforme necessário.

Lembre-se sempre de que investir envolve riscos, e é fundamental tomar decisões conscientes, considerando seus objetivos financeiros e tolerância ao risco.

E mudando de assunto, o Farmnews comparou o preço futuro do boi gordo entre janeiro e maio de 2024 com o valor praticado no mercado físico no mesmo período de 2023. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Vinicius Steniski

Analista CNPI de commodities e agro do TC Matrix.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo