custo de produção de bovinos

Custo de produção de bovinos confinados em alta em março de 2018!

O custo de produção de bovinos confinados apresentou alta em março de 2018!

Na décima edição do Informativo do Índice de Custo de Produção de Bovinos Confinados (ICBC) identificou-se aumento dos custos da diária-boi (CDB) de 9,48% e 9,65% para as propriedades representativas de São Paulo (CSPm e CSPg), respectivamente e, de 9,16% para Goiás, quando comparados os valores de fevereiro e março de 2018.

Os CDB em março foram de R$ 9,47, R$ 9,32 e R$ 8,22 para os confinamentos de São Paulo médio (CSPm), grande (CSPg) e de Goiás (CGO), nesta ordem. Confira a variação dos custos na Tabela abaixo que compara os CDB entre os meses de fevereiro e março de 2018.

custo de produção de bovinos

Os preços dos itens alimentares aumentaram para os estados de São Paulo e Goiás entre os meses de fevereiro e março, o que resultou em custo de produção de bovinos confinados mais elevados.

O preço do milho grão aumentou em média 12% e 27% para esses estados, respectivamente. Houve maior oferta de coprodutos, mas os preços inviabilizaram o uso de alguns deles nas dietas formuladas.

Vale destacar como os CDB comportaram-se nos últimos doze meses de levantamento de custos. Entre os meses de abril e agosto de 2017 (clique aqui) houve redução dos custos de modo geral para as três propriedades analisadas e estabilização de outubro de 2017 a janeiro de 2018 e, nos últimos dois levantamentos, de fevereiro e março de 2018, (clique aqui), aumento dos custos.

O CDB de março de 2018 foi superior ao de abril de 2017 em 7,6%, 8,9% e 15,5% para as propriedades representativas de São Paulo (CSPm e CSPg) e de Goiás, respectivamente.

A inflação acumulada foi de 0,19% nos últimos doze meses, segundo o Índice Geral de Preços de Disponibilidade Interna (IGP-DI). Nesse mesmo período de análise, a taxa Selic acumulada nos últimos doze meses reduziu de 13,13% ao ano (aa) em abril de 2017 para 8,54% aa em março de 2018.

A diminuição dessa taxa reduziu os custos com o capital de giro. Por fim, ressalta-se cautela para os confinadores, pois para garantir lucro econômico, a receita total deve ser superior ao custo total do confinamento. É importante destacar que o monitoramento periódico dos custos se faz necessário para delinear estratégias e para tomar decisões.

Clique aqui para acessar, na íntegra, o Boletim de Custo de Produção de Bovinos Confinados do LAE/USP em março de 2018.

Adaptado do Boletim de Custos de Bovinos Confinados do LAE

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Custo de produção de bovinos confinados em alta em março de 2018! was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!