preços das commodities agrícolas

Preços das commodities agrícolas no 1° trimestre de 2020

O Farmnews destaca para o comportamento de preços das commodities agrícolas no 1° trimestre de 2020.

Pois é, dentre as commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews, o milho e o bezerro foram os grandes destaques de alta, com ganhos superiores a 20,0% nos primeiros 3 meses do ano.

Isso porque o milho, indicador Cepea (Campinas) entre o início de 2020 e o final de março acumulou ganho de 24,2%, variando de R$48,43 a R$60,14 por saca no período. E o mais importante, em março o milho superou pela primeira vez o patamar de R$60,0 por saca, quebrando novo recorde em termo nominal.

E além do milho, o bezerro foi outro destaque de alta no 1° trimestre de 2020, com valorização de 21,9% e o preço do animal variando de R$1.467,5 a R$1.789,4 por cabeça, conforme dados do indicador Cepea (Mato Grosso do Sul). Pois é e vale destacar também que o preço do bezerro tem acumulado alta muito superior ao do animal para abate, o que tem pressionado negativamente o poder de compra do pecuarista que depende da reposição do rebanho (clique aqui).

A Figura a seguir ilustra a variação acumulada dos preços das commodities agrícolas, boi gordo, bezerro, milho e soja, ao longo do 1° trimestre de 2020, segundo dados do indicador Cepea.

preços das commodities agrícolas
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

Os preços das commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews apresentaram alta no 1° trimestre de 2020, sem exceção.

A soja, segundo indicador Cepea, base Paranaguá-PR, encerrou março acima de R$100,0 por saca (101,21) e acumulando alta de 14,9% no final dos primeiros 3 meses do ano.

E apesar da menor alta do boi gordo (5,3%) comparado ao bezerro, milho e soja, o preço da arroba do boi gordo encerrou o mês de março de 2020 cotado com média acima de R$200,0 e o maior valor nominal da história para o período. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Preços das commodities agrícolas no 1° trimestre de 2020 was last modified: by