Mercado

Quanto a China importou do agro do Brasil no 1° bimestre, de 2017 a 2021

A China importou menos do agro do Brasil nos primeiros meses de 2021 quando comparado ao mesmo período de 2020.

Pois é, apesar dos preços recordes das commodities agrícolas na parcial do ano, a China, maior importador do agro do Brasil, diminuiu o ritmo de compras em 2021, pelo menos nesses primeiros 2 meses do ano (Tabela).

É importante destacar que a queda no ritmo de compra chinês não aconteceu para todas as commodities. No caso da carne bovina, por exemplo, a importação da China segue em alta frente a 2020. Clique aqui e saiba mais do assunto. Por outro lado, no caso da soja, a compra do país asiático caiu sensivelmente entre janeiro e fevereiro de 2021 comparado ao mesmo período de 2020 (clique aqui).

A Tabela a seguir apresenta os dados de compra, em bilhões de dólares, dos principais países importadores do agronegócio brasileiro no acumulado dos 2 primeiros meses de cada ano, entre 2017 e 2021, segundo dados do MDIC.

A exportação do agronegócio brasileiro somou o equivalente a US$12,08 bilhões no acumulado dos 2 primeiros meses de 2021, valor pouco acima do observado em 2020 (US$12,03 bilhões). Apesar da alta frente a 2020, o valor segue abaixo do praticado em 2018 e 2019 (Tabela).

A queda em 2021 comparado a 2018 e 2019 é decorrente, principalmente, da queda da exportação do agro do Brasil para a China.

Entre janeiro e fevereiro de 2021 a China importou do agronegócio brasileiro o equivalente a US$2,63 bilhões, valor 22,3% menor que o observado no mesmo período de 2020 (US$3,38 bilhões).

Mas apesar da queda no ritmo de compras chinês, vale destacar o aumento das compras de outros países importadores, com destaque a Indonésia e Egito, com valores mais que o dobro do observado em 2020.

O Farmnews apresenta dados da exportação do agronegócio do Brasil e dos Estados Unidos entre os anos de 2014 e 2020. Clique aqui e confira os dados!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Quanto a China importou do agro do Brasil no 1° bimestre, de 2017 a 2021 was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: