consumo de carne bovina por país

Consumo de carne bovina por país projetado para 2021

O Farmnews apresenta dados esperados do consumo de carne bovina por país em 2021.

O USDA revisou, em outubro de 2020, a expectativa para o consumo mundial e por país de carne bovina para o ano de 2021, com previsão de alta frente aos valores esperados em 2020.

A Tabela a seguir apresenta os dados de consumo de carne bovina mundial e por país, em milhões de toneladas em equivalente carcaça, de 2016 a expectativa para 2021, segundo dados do USDA

De acordo com a previsão do USDA de outubro de 2020, o consumo de carne bovina mundial deve se recuperar em relação a 2020 e alcançar o maior valor histórico, a 59,95 milhões de toneladas em equivalente carcaça. O crescimento do consumo mundial de carne bovina no acumulado de 2016 a 2020 foi de 5,2%, passando de 56,18 para a perspectiva de 59,95 milhões de toneladas em 2021.

Com relação ao consumo de carne bovina por país, o destaque no acumulado foi a China, com crescimento acumulado esperado de 41,0%, entre 2016 e 2021, com valor variando de de 6,98 a 9,73 milhões de toneladas em equivalente carcaça.

O Brasil foi um dos principais países afetados pela COVID-19 quando o assunto foi consumo doméstico de carne bovina. A expectativa, contudo, é que a demanda se recupere frente a 2020, passando a 7,84 milhões de toneladas em equivalente carcaça em 2021, mas ainda menor que o observado nos anos de 2018 e 2019.

O Farmnews apresenta também os dados esperados da importação de carne bovina por país em 2021. Afinal, qual a expectativa para 2021 e como evoluiu em relação aos anos anteriores, o ritmo de compra dos principais compradores de carne bovina do mundo? Clique aqui e confira!

A Figura abaixo ilustra a participação esperada, por país, no consumo de carne bovina em 2021.

consumo de carne bovina por país
Fonte: Dados do USDA (adaptado por Farmnews)

Os Estados Unidos devem seguir, em 2021, como maior consumidor mundial de carne bovina, participando com 20,9% de toda demanda mundial, seguido da China e Brasil, com respectivamente, 16,2% e 13,1%.

E mudando o assunto, vale lembrar que o preço mensal do boi gordo superou, na parcial de outubro, a média de R$260,0 por arroba pela primeira vez, em valor nominal. Clique aqui e saiba mais do assunto! E por falar em comportamento de preços, o Farmnews apresenta os dados dos preços corrigidos do boi gordo em outubro de 2011 a 2019. Clique aqui e confira os dados!

Aliás, será que outubro é, de fato, o melhor mês para vender boi gordo? Saiba quanto, em média, o preço de outubro supera o valor médio anual de cada ano e, em que meses do ano o boi gordo alcançou o pico de preços entre 2011 e 2019? Clique aqui e confira os dados!

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Consumo de carne bovina por país projetado para 2021 was last modified: by