Mercado

Disputa comercial e câmbio contribuem para alta no milho e soja

Nos primeiros dias de agosto de 2019 os preços dos grãos subiram no Brasil devido a disputa comercial entre Estados Unidos e a China e a desvalorização do Real.

O acirramento da disputa comercial, e agora cambial, entre Estados Unidos e China elevou com força os preços da soja no Brasil nos últimos dias.

Segundo pesquisadores do Cepea, a recente desvalorização da moeda chinesa frente ao dólar encarece as aquisições de produtos norte-americanos por parte da China, deslocando compradores de commodities agrícolas para o Brasil. Além disso, a maior demanda chinesa pela soja brasileira também foi favorecida pela desvalorização do Real frente ao dólar – a moeda brasileira permaneceu praticamente estável frente à chinesa (Renminbi – CNY) no período.

Nesse cenário, entre 2 e 9 de agosto, o Cepea da soja Paranaguá (PR) subiu 4,2%, para R$83,58 por saca.

Pois é, mas apesar da alta no início de agosto devo ao acirramento da disputa comercial entre Estados Unidos e China, a importação de soja brasileira pelo país asiático segue caindo na parcial de 2019 (clique aqui).

Com relação ao milho, os preços do grão voltaram a subir no Brasil nos últimos dias. Segundo colaboradores do Cepea, a influência veio das altas internacionais (CME Group) e da valorização do dólar frente ao Real, que, por sua vez, também impulsionaram as cotações nos portos brasileiros.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Diante disso, produtores nacionais se retraíram do mercado, à espera de novas altas. Do lado da demanda, compradores se mostram abastecidos para o curto prazo, atentos às entregas de produtos contratados. Estimativas indicando produção e exportação recordes na temporada 2018/19 também afastaram parte dos demandantes do mercado.

Assim, entre 2 e 9 de agosto, o indicador Cepa (Campinas – SP) avançou 2,1%, fechando a R$36,61 por saca.

Vale lembrar que em julho de 2019 os preços do milho e da soja foram destaque de queda. Clique aqui e confira o comportamento de preços das commodities agrícolas, boi gordo, bezerro, milho e soja em julho de 2019.

Adaptado do Cepea

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo