embarques de soja

Na parcial de maio, embarques de soja quase dobram frente a 2019

Os dados das duas primeiras semanas de maio revelam que os embarques de soja quase dobraram frente a maio de 2019.

A média diária dos embarques de soja em grãos do Brasil ao longo das duas primeiras semanas de maio de 2020 foi de 879,39 mil toneladas, valor 93,2% maior que a média diária apurada no mesmo período de 2019 (455,09 mil toneladas).

Os embarques de soja do Brasil na parcial de maio de 2020 sinalizam alta próxima de 100% frente ao mesmo período do ano passado.

Pois é, a exportação de soja do Brasil foi recorde nos 4 primeiros meses de 2020 e pelo que a parcial de maio revela, os dados seguem em alta e abrindo espaço para novos recordes no ano.

O fato é que com o dólar cotado cada vez mais próximo de R$6,0, os preços em dólares das commodities agrícolas brasileiras se aproximam das mínimas históricas e, claro aumentando e, muito a competitividade dos produtos do campo no mercado internacional.

Aliás, vale lembrar que o preço em dólares da soja brasileira na parcial de maio foi cotado no menor valor em mais de uma década, apesar de, em moeda nacional, o valor atingir recorde histórico, acima de RS110,0 por saca (indicador Cepea base Paranaguá-PR).

Em termos de receita, a média diária em maio de 2020, na primeira quinzena, foi de US$288,90 mil, valor 86,7% maior que o observado na média diária de maio de 2019 (US$154,72 mil). O preço médio da soja brasileira para exportação na parcial de maio de 2020 foi de US$328,5 por tonelada, valor cerca de 3,4% menor que o observado em maio de 2019 (US$340,0 por tonelada).

E, claro, não podemos falar em aumento de venda de soja do grão no mercado internacional sem falar da China. A China aliás aumentou de modo intenso as compras em 2020. Clique aqui e confira os dados parciais do ano!

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Na parcial de maio, embarques de soja quase dobram frente a 2019 was last modified: by