Mercado

Oferta de bovinos para abate no menor valor em 10 anos

A oferta de bovinos para abate no Brasil em 2020 foi a menor dos últimos 10 anos, o que contribui para o cenário de preços em alta no País.

Pois é, em 2020 o número total de bovinos abatidos no Brasil, segundo IBGE, foi de 29,67 milhões de cabeças, o menor valor desde 2011, quando a soma ficou em 28,82 milhões de cabeças.

Além do menor valor em 10 anos, a oferta de bovinos para abate em 2020 caiu 8,5% em relação ao ano anterior, 2019, quando o abate somou 32,44 milhões de cabeças.

A Figura a seguir ilustra a evolução anual do abate de bovinos no Brasil, em milhões de cabeças, segundo dados do IBGE, entre 2011 e 2020.

oferta de bovinos para abate
Fonte: Dados do IBGE (adaptado por Farmnews)

O importante é destacar que a oferta de animais para abate em 2020 foi a menor desde 2011 e ao longo desse período o ritmo de exportação de carne bovina do País aumentou de modo considerável. O fato é que a exportação de carne bovina do Brasil mais que dobrou no período!

Aliás, clique aqui e confira os dados de exportação de carne bovina do Brasil entre 2011 e 2020 e veja o quanto evoluíram os números do embarque ao longo dos anos!

Mas em 2021 o preço em dólar do boi gordo do Brasil segue acima de US$50,0 por arroba pelo quinto mês consecutivo na parcial de março de 2021. Clique aqui e confira os dados! O fato do preço do boi gordo brasileiro, em moeda americana, seguir em alta pode ser um sinal de alerta para a competitividade do carne bovina do País no mercado internacional. Clique aqui e saiba mais do assunto!

O Farmnews apresenta também a série do preço corrigido do boi gordo, segundo indicador Cepea, entre 1997 e a parcial de 2021. Afinal, como evoluíram os preços do boi gordo (Cepea), corrigidos pelo IGP-M ao longo de mais de 20 anos? Clique aqui e saiba mais do assunto!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Oferta de bovinos para abate no menor valor em 10 anos was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: