Mercado

Poder de compra o pecuarista ainda mais pressionado com a queda do boi gordo

A queda no preço do boi gordo coloca ainda mais atenção ao poder de compra do pecuarista em relação aos insumos.

Pois é, em 2023, assim como nos anos anteriores, um dos principais pontos de atenção do produtor tem sido o aumento dos custos de produção. O Farmnews tem apresentado dados que mostram a queda no poder de compra do pecuarista em relação a alguns dos principais insumos, como os grãos, fertilizantes, bezerro e também compara a evolução de preços do boi gordo com um indicador de inflação, geralmente o IGP-M.

E antes de falar de poder de compra e relação de troca, o Farmnews apresentou dados do comportamento de preço do boi gordo um dia após a suspensão dos embarques de carne bovina do Brasil para a China (clique aqui).

Vale lembrar que o preço do boi gordo inclusive passou a acumular perda frente ao indicador de inflação – IGP-M (clique aqui). O indicador de inflação é apenas uma referência, pois sabemos que boa parte dos custos não tem relação direta com o IGP-M, uma vez que os insumos do campo muitas vezes apresentam alta ainda maior.

Um exemplo é a consecutiva queda no poder de compra do pecuarista em relação ao milho e a soja. Na parcial de fevereiro de 2023, mesmo antes da queda do preço do boi gordo do dia 23 de fevereiro, a quantidades de sacas de milho por arroba de boi gordo já havia alcançado o menor valor para um mês de fevereiro desde 2013. Clique aqui e confira os dados!

Com a queda no preço do boi gordo do dia 23 de fevereiro, esse indicador tende a apresentar uma média mensal ainda menor, como ilustra a Figura abaixo.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

A Figura a seguir ilustra a evolução diária do indicador que mede a relação de preço da arroba do boi gordo (Cepea) e da saca (60kg) de milho (Cepea), desde o início de 2022.

Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

O poder de compra do pecuarista em relação do milho desabou no dia 23 de fevereiro, no menor valor ao longo do período avaliado, desde o início de 2022.

Isso porque o que já vinha sendo pressionado negativamente, ficou ainda pior no final de fevereiro, com o potencial teórico de compra de uma arroba de boi gordo de apenas 3,10 sacas de milho.

No caso da soja, o cenário não é diferente. O indicador médio, mesmo antes da queda do preço do boi gordo do dia 23 de fevereiro, já vinha renovando a mínima para um mês de fevereiro, desde 2013 (clique aqui) e deve apresentar uma queda média ainda mais baixa, como destaca a segunda Figura.

A Figura a seguir ilustra a evolução diária do indicador que mede a relação de preço da arroba do boi gordo (Cepea) e da saca (60kg) de soja (Cepea, Paranaguá-PR), desde o início de 2022.

poder de compra do pecuarista
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

O preço do bezerro segue em recuperação ao longo de fevereiro, minimizando a queda acumulada no ano que chegou a superar 10,0% em janeiro. Clique aqui e saiba mais!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo