Mercado

Preço do boi gordo em fevereiro, valor nominal e corrigido, de 2012 a 2022

O Farmnews destaca para o preço do boi gordo em fevereiro, tanto em valor nominal como corrigido, entre os anos de 2012 e 2022.

Afinal, como se comportaram os preços da arroba do boi gordo (Cepea) em fevereiro dos últimos anos, de 2012 a 2022, em valores nominais e corrigidos pelo IGP-M?

Vale lembrar que em fevereiro de 2022, pelo menos até a parcial do dia 25, o valor médio alcançou o maior patamar da série nominal do Cepea. E o valor de fevereiro de 2022 de R$340,7 por arroba foi 13,0% acima do valor nominal observado em fevereiro de 2021 e acumula o quinto ano consecutivo de alta (Tabela). Aliás, o preço da arroba em fevereiro apresentou queda em apenas uma oportunidade entre 2012 e 2022 e isso aconteceu no ano de 2017.

A Tabela a seguir apresenta os dados do preço médio do boi gordo (Cepea), em Reais por arroba, valor nominal e corrigido pelo IGP-M de janeiro de 2022, em fevereiro, entre 2012 e 2022.

preço do boi gordo

O preço do boi gordo em fevereiro de 2022 ficou abaixo do valor corrigido observado em fevereiro de 2021, indicando que a valorização da arroba ficou abaixo da inflação (IGP-M) no acumulado do período.

E importante destacar também que após 2 anos consecutivos de forte valorização nominal em relação a fevereiro do ano anterior, em 2020 e 2021, o ganho observado em 2022 foi mais modesto (Tabela) e, inferior à inflação medida pelo IGP-M.

Como temos comentado, altas mais significativas de preço em 2022 ficará dependente do ritmo de exportação em 2022 e da oferta de animais para abate.

O Farmnews destaca para a evolução mensal do preço corrigido do bezerro, avaliado em Reais por arroba, entre o ano 2000 e a parcial de fevereiro de 2022. Clique aqui e saiba mais!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Preço do boi gordo em fevereiro, valor nominal e corrigido, de 2012 a 2022 was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo