Mercado

Preço do boi gordo sobe e diminui ágio do mercado futuro

O preço do boi gordo acumulou recuperação na parcial de março (10), com alta de 5,3% frente ao valor que encerrou fevereiro.

Isso porque o preço do boi gordo (Cepea) foi cotado a R$268,0 por arroba no final de fevereiro e no dia 10 de março o preço da arroba foi de R$282,2. O valor de R$268,0 por arroba praticado no dia 28 de fevereiro foi inclusive o mais baixo de 2023 (Cepea). No ano, contudo, o preço do animal pronto para o abate acumulou queda de 1,6%, uma vez que encerrou o ano de 2022 cotado a R$287,0 por arroba.

Apesar da recuperação ainda discreta, após a forte queda observada desde a notificação do caso atípico de vaca louca no final de fevereiro, a alta ao menos já foi suficiente para diminuir a diferença do mercado físico em relação ao mercado futuro do boi gordo e confirmar as perspectivas positivas para o curto prazo, como destaca a primeira Figura abaixo.

O Farmnews inclusive discutiu o comportamento recente do boi gordo, ao longo de 2023 e a perspectiva de preço no curto prazo. Clique aqui e confira!

A Figura ilustra a evolução diária do preço futuro do boi gordo (BGIK23) e do mercado físico (Cepea), em Reais por arroba, ao longo de 2023.

preço do boi gordo
Fonte: Dados da Be e do Cepea (adaptado por Farmnews)

O mercado futuro antecipou a recuperação de preço frente ao físico e, na parcial de março, o preço do boi gordo começou a reagir.

Como mostra a Figura acima, o preço do contrato para vencimento em maio de 2023 (BGIK23, linha azul), segue relativamente estável após a recuperação da queda devido a suspensão das exportações de carne bovina para a China. O mercado futuro parece aguardar a confirmação da retomada das exportações para novos movimentos positivos de preço.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

No dia 10 de março o contrato para vencimento em maio de 2023 foi cotado a R$294,6 por arroba, valor 4,4% acima do preço no mercado físico (Cepea) no mesmo dia, de R$282,2 por arroba.

O mercado físico (Cepea), como sugere a segunda Figura abaixo, tem espaço para recuperação de preço, como sugerem os dados de 2021. Vale lembrar que em 2021, apesar das condições de mercado da época, o preço apresentou forte recuperação, após o embargo da carne bovina brasileira para a China, o que colabora para a perspectiva positiva também para 2023.

A Figura abaixo ilustra a evolução diária do preço nominal do boi gordo (Cepea), em Reais por arroba, entre janeiro de 2021 e a parcial de março de 2023 (até o dia 10).

preço do boi gordo
Fonte: dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

É importante destacar que a média parcial de março de R$273,5 por arroba foi a menor em valor nominal desde outubro de 2021 (R$269,7), como mostram os dados apresentados na terceira Figura abaixo. Pois é, a discreta recuperação de preço ainda não foi suficiente para melhorar o valor médio de março de 2023.

A Figura a seguir ilustra o comportamento do preço médio nominal da arroba do boi gordo (Cepea), entre 2021 e a parcial de 2023.

preço do boi gordo
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

Apesar da maior oferta potencial de animais para o abate em 2023 comparado a 2021, a exportação de carne bovina do Brasil deve apresentar uma melhora no ano (clique aqui), apesar da temporária suspensão dos embarques de carne bovina brasileira para nosso maior importador. O consumo doméstico ainda segue pressionado pelas condições econômicas, mas vale mencionar que o preço do boi gordo em 2023 segue mais competitivo em relação às proteínas concorrentes (clique aqui).

O Farmnews atualizou também os dados do ágio do preço da arroba do bezerro em relação ao boi gordo na parcial de março de 2023. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo