Mercado

Preço do cloreto de potássio e principais países fornecedores para o Brasil

O Farmnews apresenta dados do preço do cloreto de potássio e os principais exportadores do fertilizante para o Brasil.

O fato é que o preço do cloreto de potássio segue acumulando a maior entre as principais matérias-primas importadas pelo Brasil e, diante desse fato, nossos leitores solicitaram um maior detalhamento sobre o assunto. Então vamos lá!

Aliás, o conteúdo que mostra a maior alta do cloreto de potássio frente a ureia e ao fosfato monoamônico (MAP) pode ser acessado. através do link ao lado. Clique aqui e confira!

Inicialmente é importante destacar o comportamento do preço médio de importação do cloreto de potássio pelo Brasil, em dólares por kg (primeira Figura), destacando o descolamento dos valores a partir da segunda metade de 2021. Pois é, mas é igualmente importante mencionar que apesar da forte queda iniciada na segunda metade de 2022, os patamares de preços seguem acima do praticado entre 2018 e o primeiro semestre de 2021.

A Figura a seguir ilustra a evolução mensal do preço médio de importação do cloreto de potássio, em US$ por kg, entre janeiro de 2018 e janeiro de 2023.

preço do cloreto de potássio
Fonte: Dados do MDIC-SECEX (adapdado por Farmnews)

O preço do cloreto de potássio acumulou o sexto mês consecutivo de queda em janeiro de 2023 (US$0,52/kg) e cotado 41,3% abaixo da máxima observada em agosto de 2022 (US$0,89/kg).

O valor médio de janeiro de 2023, de US$0,52/kg ficou pouco abaixo da média de janeiro de 2022 (US$0,54/kg), embora ainda siga muito acima da média de janeiro de 2021 (US$0,22/kg).

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

E além do comportamento de preço é importante entender a origem do cloreto de potássio importado pelo Brasil (segunda Figura).

A Figura destaca a importância dos principais países fornecedores de cloreto de potássio para o Brasil, no faturamento, em janeiro de 2023.

preço do cloreto de potássio
Fonte: Dados do MDIC-SECEX (adaptado por Farmnews)

O principal exportador de cloreto de potássio para o Brasil em janeiro de 2023 foi o Canadá, seguido de perto pela Rússia. Ambos os países participam com cerca de 70,0% da importação brasileira do fertilizante, em faturamento.

E por falar na importância desses países para o fornecimento de cloreto de potássio, vamos entender como evoluiu o ritmo de embarques para o Brasil ao longo dos últimos anos (terceira Figura).

A Figura abaixo mostra a evolução mensal dos embarques de cloreto de potássio de origem canadense e russa para o Brasil, em mil toneladas, entre janeiro de 2021 e janeiro de 2023.

preço do cloreto de potássio
Fonte: Dados do MDIC-SECEX (adaptado por Farmnews)

Os dados acima mostram uma tendência do aumento de compras de cloreto de potássio do Canadá. Isso porque em 2021 o Brasil importou do Canadá 4,17 milhões de toneladas de cloreto de potássio, enquanto em 2022 esse valor subiu para 4,54 milhões de toneladas. No caso da Rússia, o valor em 2021 somou 3,60 milhões de toneladas e em 2022 3,11 milhões de toneladas.

O Brasil tem importado mais cloreto de potássio de origem canadense, embora o preço médio de importação do país tenha ficado mais caro que o de origem russa em 2022. O preço médio de importação de cloreto de potássio canadense foi de US$0,77/kg em 2022, enquanto o preço médio do cloreto de potássio de origem russa ficou em US$0,74/kg. Por outro lado, o preço médio canadense foi mais baixo que o insumo de origem russa (US$0,33/kg contra US$0,36/kg).

E mudando de assunto, o mercado pecuário brasileiro foi pego de surpresa com a suspeita de caso atípico de vaca louca. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo