Mercado

Preço futuro do boi gordo frente ao físico, dados de janeiro (23)

O Farmnews comparou os dados do preço futuro do boi gordo frente a referência no físico em janeiro (23).

O mercado futuro do boi gordo para vencimento em maio de 2024 passou a cair em janeiro, após um período de relativa estabilidade (primeira Figura), alcançando o menor valor desde outubro de 2023. Isso porque na parcial de janeiro (23), o preço esperado do boi gordo para maio de 2023 foi cotado a R$233,5 por arroba, queda de 4,1% frente ao encerramento de 2023 (R$243,4) e no menor valor desde outubro (10).

Apesar da queda no mercado futuro, o preço do boi gordo no físico (Cepea) segue mais estável, com o preço da arroba cotado a R$248,0 em janeiro (23), valor 1,7% menor do que encerrou 2023 (R$252,3). E por falar no preço do animal pronto para o abate, o Farmnews comparou o preço nominal do boi gordo nos meses de janeiro, entre os anos de 2010 e a parcial de 2024. Clique aqui e confira!

Vale lembrar também que o Farmnews atualiza, diariamente, os dados dos preços do mercado futuro do boi gordo para os vencimentos em aberto e de maior liquidez. Clique aqui e confira!

A Figura ilustra a evolução diária do preço esperado do boi gordo para vencimento em maio de 2024 (BGIK24), em Reais por arroba.

preço futuro do boi gordo
Fonte: Dados da B3 (adaptado por Farmnews)

O preço futuro do boi gordo para maio de 2024 foi cotado a R$233,5 por arroba na parcial de janeiro (23), valor 5,9% abaixo do valor observado no mercado físico (Cepea), de R$248,0 por arroba.

O fato é que o preço esperado do boi gordo para maio de 2024 segue abaixo do físico, assim como os demais contratos com vencimento desde janeiro e, com exceção de outubro, como mostram os dados da segunda Figura.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

A Figura abaixo apresenta dados de preço do boi gordo no mercado físico (Cepea) e dos contratos futuros, segundo B3, entre janeiro e outubro de 2024, em Reais por arroba, no dia 23 de janeiro.

preço futuro do boi gordo
Fonte: Dados da B3 e Cepea (adaptado por Farmnews)

Como temos comentado, o período do ano favorece uma maior pressão negativa no preço do boi gordo, já que apesar dos dados positivos de exportação de carne bovina na parcial de janeiro (clique aqui), os dados do consumo interno são tradicionalmente mais fracos devido ao período de férias escolares. Essa pressão reflete na queda de preço no mercado futuro do boi gordo, o que pode criar oportunidades importantes, já que a expectativa de preço para a segunda metade do ano segue mais otimista!

O TC, nosso parceiro de Educação Financeira explicou como funciona o contrato futuro de boi gordo e suas características. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo