Mercado

Preço futuro do boi gordo para maio volta a se aproximar de R$300 por arroba

O preço futuro do boi gordo, para vencimento em maio, voltou a se aproximar de R$300,0 por arroba, em fevereiro, patamar não é alcançado desde o começo de outubro de 2022.

A recuperação do preço do boi gordo desde a segunda quinzena de janeiro tem impulsionado o movimento de alta no mercado futuro do boi gordo (Figura).

Vale lembrar que após acumular queda em janeiro, o preço do boi gordo voltou a subir na parcial de fevereiro de 2023. Clique aqui e confira a variação mensal do preço do boi gordo desde 2021.

Desde o final de 2022, quando foi cotado a R$286,9 por arroba (Cepea), o preço do macho pronto para o abate acumulou alta de 2,8%, com valor de R$295,0 no dia 10 de fevereiro. No mesmo período, o preço esperado do boi gordo para maio de 2023 acumulou ganho de 2,9%, variando de R$288,0 por arroba no final de 2022 a R$296,5 por arroba no dia 10 de fevereiro.

A Figura a seguir ilustra a evolução diária do preço do boi gordo para vencimento em maio de 2023 (BGIK23), em Reais por arroba, segundo dados da B3.

preço futuro do boi gordo
Fonte: Dados da B3 (adaptado por Farmnews)

O preço futuro do boi gordo para maio, de R$296,5 por arroba, acumulou alta de 2,9% em 2023, até o dia 10 de fevereiro, mas segue 8,2% abaixo da média nominal (Cepea) de maio de 2022 (R$323,1).

É interessante observar que a valorização do mercado futuro, para o contrato com vencimento em maio, de 2,9% na parcial de 2023 ficou próxima da alta observada no mercado físico no mesmo período, de 2,8%. Isso mostra que o mercado futuro tem acompanhado o mercado físico, indicando uma certa indefinição quanto a tendência futura de preço, seja para precificar uma expectativa futura de queda como de alta.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Se por um lado a pressão de baixa no preço do mercado futuro vem também de uma expectativa de melhor oferta de fêmeas para abate diante do ciclo pecuário, do outro a demanda segue um pouco mais cautelosa quanto o tamanho da recuperação do consumo interno, embora otimista com o mercado de exportação que, inclusive renovou a máxima para um mês de janeiro. Aliás, os embarques consolidados em janeiro de 2023 foram 16,0% acima do praticado em janeiro de 2022 (clique aqui).

E por falar em ciclo pecuário, o preço do bezerro segue acumulando queda maior que a do boi gordo (clique aqui). E, nesse contexto, o Farmnews apresentou dados que mostram a relação entre o preço do bezerro e o ritmo do abate de vacas no País (clique aqui).

Mudando de assunto, o Farmnews revela os dados de compra dos maiores importadores de carne bovina do Brasil no mês de janeiro de 2023. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo