digitalização nas fazendas

Como evoluiu a digitalização nas fazendas dos Estados Unidos?

O Farmnews apresenta dados de como evoluiu a digitalização nas fazendas nos Estados Unidos.

À medida que o mundo se torna mais dependente da tecnologia, o acesso a internet de alta velocidade e a computadores, tablets ou celulares é cada vez maior.

E reflexo dessa realidade é observada também no agronegócio, uma vez que a digitalização nas fazendas é um processo crescente, tanto no Brasil (clique aqui) como nos Estados Unidos.

A agricultura digital vai transformar o dia a dia do produtor, dentro e fora da porteira! Clique aqui e saiba mais do assunto!

De acordo com dados do USDA, 75% das fazendas têm acesso à internet e 73% têm acesso a um computador desktop ou laptop. Os agricultores e pecuaristas estão cada vez mais dependentes de smartphones ou tablets para realizar negócios agrícolas.

Dados mostram que 52% das fazendas pesquisadas relatando que o fazem negócios digitais, um aumento de 8% em relação a 2017.

Os dados de uso de computadores agrícolas do USDA foram disponibilizados pela primeira vez em 1997. Naquela época, 13% das fazendas dos EUA tinham acesso à internet. Em 2019, a pesquisa indicou que 75% das fazendas têm acesso à internet.

Vale lembrar que enquanto falamos em agricultura digital, boa parte dos produtores rurais, em especial daqueles que produzem carne, ainda não avaliam seus custos de produção. Isso foi avaliado no estudo do LAE/USP. Clique aqui e confira!

Como a agricultura e pecuária estão cada vez mais orientados para a tecnologia, o acesso dos produtores rurais ao mundo digital para realizar negócios é extremamente importante.

Clique aqui para acessar o estudo completo, na íntegra!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio

Como evoluiu a digitalização nas fazendas dos Estados Unidos? was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!