carne bovina em junho

Novos dados parciais da exportação de carne bovina em junho

Os dados parciais da exportação de carne bovina em junho, no acumulado das duas primeiras semanas, mostram recuperação.

Isso porque na primeira semana de junho os dados mostravam queda no ritmo de embarques diários da exportação de carne bovina do Brasil. Aliás, clique aqui e confira os dados!

Entre a primeira e segunda semana de junho o cenário mudou para melhor. No acumulado das duas primeiras semanas de junho de 2020 o Brasil exportou uma média diária de 7,16 mil toneladas de carne bovina, valor acima do observado em junho de 2019, quando a média diária foi de 6,02 mil toneladas exportadas.

Com isso, a receita com a exportação de carne bovina aumentou na base anual de comparação, uma vez que na média diária de junho de 2020 o Brasil comercializou o equivalente a US$31,19 milhões, enquanto em junho de 2019 a média diária foi de US$23,26 milhões.

E sempre vale destacar que o ano de 2020 tem sido marcado por valores recordes da exportação de carne bovina. E em maio de 2020 em especial, a exportação de carne bovina foi recorde histórico (clique aqui).

O preço médio da carne bovina exportada também tem apresentado dados melhores que o observado na média de junho de 2019. Isso porque na parcial das duas primeiras semanas de junho de 2020 o preço médio da tonelada ficou em US$4,35 mil e no mesmo período de 2019 o valor foi de US$3,86 mil por tonelada.

Vale lembrar que o preço do boi gordo e do bezerro alcançaram maior valor do ano até a parcial de 2020 em junho. Pois é, mas apesar do bom momento de preço do boi gordo, a alta acumulada do bezerro na parcial de 2020 segue quase 4 vezes acima. Clique aqui e confira!

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Novos dados parciais da exportação de carne bovina em junho was last modified: by