Mercado

Coronavírus mudou o comportamento de consumo dos alimentos

O período de quarentena e distanciamento social durante a pandemia do COVID-19 mudou e, muito, o comportamento de consumo dos alimentos.

O fato é que mais de 4 em cada 5 consumidores disseram que a pandemia de coronavírus mudou seus hábitos alimentares, levando-os a cozinhar, comer, fazer compras e pensar sobre alimentos de maneira diferente, de acordo com a Pesquisa do International Food Information Council (IFIC).

Uma das conclusões da pesquisa é que as pessoas talvez estejam realmente aproveitando a oportunidade para pensar mais sobre comportamento de consumo dos alimentos. E nesse aspecto, cozinhar mais em casa tende a ser um pouco mais saudável do que as escolhas que poderíamos fazer ao comer fora do lar.

E análise dos dados da pesquisa revelam que o coronavírus tem um papel central nos resultados. A pesquisa foi realizada nos Estados Unidos entre 8 e 16 de abril, depois que muitos consumidores passaram várias semanas em casa. Isso deu à IFIC a oportunidade de examinar a reação dos consumidores à pandemia.

Pois é, o comportamento de consumo dos alimentos mudou sensivelmente durante a pandemia da COVID-19.

De acordo com a pesquisa, 85% dos entrevistados disseram estar fazendo algo diferente com relação ao consumo de alimentos, com cerca de 60% cozinhando mais em casa. As outras mudanças são mais variadas, com cerca de um terço dizendo que estão comendo mais e lavando melhor os alimentos.

Além de mais lanches, a pandemia mudou o que as pessoas estão comendo, já que uma porcentagem maior de pessoas disse que estava se alimentando de maneira mais saudável.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Mas uma coisa que a pandemia não mudou é a percepção dos consumidores quanto a segurança alimentar. Um total de 67% dos consumidores pesquisados ​​confia na segurança do sistema alimentar, praticamente o mesmo percentual pré-pandemia.

De fato, o principal problema de segurança alimentar apontado não estão relacionados a presença de produtos químicos de origem alimentar, mas a contaminação por manipulação ou preparação de alimentos relacionado aos riscos de COVID-19.

O Farmnews apresenta alguns pontos importantes relacionados a COVID-19 e as tendências do mercado de alimentos. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Os dados em meio a pandemia mostram que a produção animal não é a grande vilã para o meio ambiente, principalmente quando o assunto são os gases de efeito estufa. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Adaptado e FoodDive

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo