exportação de soja do brasil

Dados da 1° quinzena de abril mostram alta da exportação de soja do Brasil

A exportação de soja do Brasil tem apresentado recuperação em 2020, mesmo as incertezas relacionadas a COVID-19 na economia mundial.

Após um ano de 2019 de forte queda nas exportações, principalmente devido a queda na demanda de soja utilizada na alimentação dos suínos na China em decorrência do surto de febre suína no país, os primeiros meses de 2020 mostram sinais de recuperação.

E essa recuperação tem sido observada em um período de bastante incerteza frente ao agravamento dos efeitos econômicos mundiais devido a COVID-19.

Aliás, clique aqui e saiba quais as consequências esperadas para o PIB do agronegócio brasileiro em virtude do coronavírus!

O fato é que tanto a carne bovina como a soja tem mostrado dados positivos em 2020, o que vem contribuindo para sustentar os preços dessas commodities agrícolas no País. Aliás, vale destacar que em março de 2020 o preço da soja segundo indicador Cepea, alcançou valor nominal recorde, superando pela primeira vez a barreira de R$100,0 por saca (clique aqui).

E, claro, vale destacar a importância do câmbio nesse cenário, uma vez que o patamar recorde do dólar em 2020 tem tornado atrativo o preço dessas commodities no mercado internacional.

E nas primeiras duas semanas de abril, a média diária de receita com a exportação de soja do Brasil foi de US$293,15 milhões, valor 86,23% maior que o observado no mesmo período de 2019 (US$157,33 milhões).

Com relação a média diária de embarques, o Brasil comercializou 875,21 mil toneladas nas 2 primeiras semanas de abril, valor quase o dobro ao apurado no mesmo período de 2019 (447,79 mil toneladas diárias).

E por falar nas consequências do coronavírus no PIB do agronegócio, você sabe quais os setores do agro mais impactados pela COVID-19? Clique aqui e descubra!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Dados da 1° quinzena de abril mostram alta da exportação de soja do Brasil was last modified: by