Mercado

Importação de adubos e fertilizantes pelo Brasil dispara em 2021

A importação de adubos e fertilizantes pelo Brasil nos primeiros 3 meses de 2021 disparou frente ao mesmo período dos anos anteriores.

Vale lembrar que o 1° trimestre de 2021 foi marcado por preço recorde das commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews. Clique aqui e confira os dados! E esse movimento de preços recordes tem impulsionado a busca por uma melhor produtividade no campo. Pois é, o melhor retorno da atividade agrícola e reflete no aumento do investimento no setor e isso passa também, claro, pelo aumento de demanda dos insumos, principalmente daqueles relacionados a qualidade nutritiva do solo (Tabela).

A Tabela abaixo apresenta os dados de importação de adubos e fertilizantes pelo Brasil no 1° trimestre dos últimos 10 anos, de 2012 a 2021, segundo dados do MDIC.

No 1° trimestre de 2021 importação de adubos e fertilizantes pelo Brasil somou o equivalente a US$2,09 bilhões que, além do maior valor para o período do ano, representa ganho de 35,2% frente a 2019 (US$1,55 bilhão).

Em termos de ritmo de compra, o País importou 8,63 milhões de toneladas em adubos e fertilizantes, renovando a máxima anterior observada em 2017, quando naquele ano o Brasil comprou 7,44 milhões de toneladas.

Vale destacar que o preço médio em dólar dos adubos e fertilizantes, embora seja o menor para o período do ano (Tabela) da série avaliada, de US$0,24/kg, quando avaliado em moeda nacional, o preço é o maior, de R$1,32/kg.

O Farmnews apresenta os dados dos preços das commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews no 1° trimestre dos últimos 10 anos, de 2012 a 2021. Clique aqui e confira! E por falar no preço das commodities agrícolas, o preço futuro do milho projetado para setembro de 2021 opera acima de R$100,0 por saca em abril. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Importação de adubos e fertilizantes pelo Brasil dispara em 2021 was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: