importação de soja pelo Brasil

Importação de soja pelo Brasil dispara na primeira metade de 2020

Com o ritmo recorde de exportação e a dificuldade da indústria em se abastecer, a importação de soja pelo Brasil aumentou em 2020.

Pois é, quem diria, os dados mostram que a importação de soja pelo Brasil tem alcançado o maior patamar desde 2016.

Entre janeiro e junho de 2020 o Brasil importou o equivalente a US$81,42 milhões em soja em grãos, valor 185,7% maior que o observado no mesmo período de 2019 (US$28,5 milhões). Considerando o volume de compras, o Brasil adquiriu 272 mil toneladas de soja em grão nos primeiros 6 meses de 2020, o maior valor desde 2016, quando comprou 329 mil toneladas do grão.

Aliás, o recorde de importação de soja pelo Brasil para o período ocorreu em 2014, com uma quantidade de compra de 442,0 mil toneladas.

Vale destacar também que a compra de soja do Brasil é oriunda do Paraguai. Quase a totalidade do grão importado pelo País tem origem paraguaia.

O fato é que, com esse volume recorde de soja exportado pelo Brasil no primeiro semestre, empresas domésticas começam a ter dificuldades em se abastecer, segundo informações do Cepea. Empresas do Sul do País, inclusive, já importam a soja do Mercosul. Em junho, o Brasil comprou 89,76 mil toneladas de soja (especificamente nesse mês, apenas do Paraguai), mais que o dobro do adquirido em maio e o maior volume importado desde junho de 2016, de acordo com a Secex.

Esse movimento de alta das exportação e da consequente necessidade de importação de soja pelo Brasil tem contribuído e, muito, para o cenário de alta no preço da soja no País. Na primeira metade de 2020, a soja perdeu apenas para o bezerro em termos de preços dentre as commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews (clique aqui).

Os dados de julho de 2020 mostraram pouca diferença na expectativa de produção e do estoque de soja no mundo para a safra 2020/21. Clique aqui e confira!

Adaptado do Cepea

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Importação de soja pelo Brasil dispara na primeira metade de 2020 was last modified: by