Mercado

Mercado futuro do boi gordo segue renovando as máximas em maio

Apesar da queda do preço na parcial de maio, o mercado futuro do boi gordo segue renovando a máxima para outubro de 2021.

O fato é que o preço projetado da arroba do boi gordo para outubro de 2021 renovou a máxima para o vencimento (BGIV21), cotado a R$341,0 por arroba no dia 18 de maio e, acumulando alta de quase 25,0% na parcial do ano (iniciou 2021 a R$273,0 por arroba). Pois é, ainda que o preço do boi gordo no mercado físico tenha apresentado leve queda no início de maio (clique aqui), o preço da arroba para outubro segue firme e renovando as máximas (Figura).

Vale lembrar que na parcial de 2021, até o dia 17 de maio, o preço do boi gordo segundo indicador Cepea, acumulou alta de 10,8%, variando de R$273,7 a R$303,2 por arroba. É importante destacar que o preço do boi gordo alcançou a máxima de R$320,0 por arroba no dia 14 de abril. De lá para cá (17 de maio), o preço do boi gordo acumula queda de 5,3%. Aliás, por falar em preço do boi gordo, o Farmnews apresenta os dados do preço corrigido do boi gordo em abril dos últimos 10 anos, de 2012 a 2021. Clique aqui e confira!

A Figura a seguir a evolução do preço do contrato futuro do boi gordo, para vencimento em outubro de 2021 (BGIV21), segundo dados da B3, em Reais por arroba.

mercado futuro do boi
Fonte: Dados da B3 (adaptado por Farmnews)

O mercado futuro do boi gordo para o contrato com vencimento em outubro de R$341,0, no dia 18 de maio foi o mais alto da série até o momento.

O valor esperado de R$341,0 por arroba praticado em maio (dia 18) representa uma alta de 12,5% em relação ao valor do indicador Cepea do dia anterior (17 de maio, R$303,2 por arroba). E além disso, o preço de R$341,0 por arroba projetado para outubro de 2021 representa um ganho de 28,8% frente ao valor nominal observado em outubro de 2020 (R$264,7 por arroba).

O preço do boi gordo vem sendo impulsionado pela exportação recorde de carne bovina e um cenário de restrição de oferta de animais para abate. O número de bovinos abatidos no Brasil em 2020 foi o menor em 10 anos, uma vez que a retenção de vacas foi histórica devido aos patamares recordes do preço do bezerroClique aqui e confira a evolução da taxa de abate de vacas no Brasil ao longo de 10 anos, de 2012 a 2021!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Mercado futuro do boi gordo segue renovando as máximas em maio was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: