Mercado

Perspectiva para o consumo mundial de carne bovina em 2023

O Farmnews atualiza os dados que revelam a expectativa do consumo mundial de carne bovina para o ano de 2023.

Isso porque o USDA revisou em janeiro de 2023 a previsão dos dados mundiais frente à última divulgação de outubro de 2022, mostrando melhora na expectativa de consumo (Tabela).

A Tabela a seguir apresenta os dados de consumo de carne bovina, em milhões de toneladas em equivalente carcaça, entre 2019 e a expectativa para 2023, nos principais países e no mundo, segundo dados do USDA.

O consumo mundial de carne bovina para 2023 foi revisado para cima na última revisão de janeiro de 2023, para 57,38 milhões de toneladas, valor que, se confirmado, será semelhante ao observado em 2022.

O fato é que na revisão de outubro de 2022 o USDA estimava um consumo de carne bovina mundial menor para o ano de 2023, comparado a 2022, caindo de 57,38 milhões de toneladas para 56,85 milhões de toneladas. No entanto, os dados atualizados de janeiro de 2023 mostram uma previsão maior, em linha com o consumo de 2022 (Tabela).

Essa recuperação na estimativa para 2023 acontece principalmente pelo aumento da expectativa de consumo na China que aumentou a previsão de consumo de 10,33 milhões de toneladas para 10,86 milhões de toneladas.

O Brasil também deve apresentar crescimento no consumo, com previsão de 7,64 milhões de toneladas, o que indica uma alta de 1,5% em relação ao valor de 2022 (7,52 milhões de toneladas). Caso o dado seja confirmado, o consumo doméstico brasileiro seria o maior desde 2019 (7,78 milhões de toneladas). Além de um consumo interno em recuperação, a exportação de carne bovina do Brasil também deve apresentar alta no ano.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

O Farmnews, aliás, atualizou os dados esperados de exportação de carne bovina do Brasil e dos principais países exportadores para 2023. Clique aqui e confira!

A expectativa positiva para o Brasil, quando o assunto é exportação, é reflexo, principalmente pelo maior apetite de compra da China que deve aumentar o ritmo de compra frente ao ano de 2022. A projeção de importação de carne bovina pela China em 2023 foi revisada para cima pelo USDA em janeiro. Clique aqui e confira os dados!

E por falar em China, o país asiático segue como o principal destino da carne bovina brasileira. O Farmnews apresentou também os dados que revelam os maiores importadores de carne bovina do Brasil nos últimos 5 anos, entre 2018 e 2022. Clique aqui!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo