Mercado

Importação de carne bovina pela China para 2023 é revisada para cima

A projeção de importação de carne bovina pela China em 2023 foi revisada para cima pelo USDA em janeiro.

A previsão do USDA realizada em janeiro de 2023 projeta um crescimento das importações mundiais de carne bovina e o dado esperado para o ano, caso confirmado (Tabela abaixo) será novo recorde, somando o equivalente a 10,32 milhões de toneladas em equivalente carcaça.

O valor de 10,32 milhões de toneladas projeta uma alta de 1,5% em relação ao valor observado em 2022 (10,17 milhões de toneladas), mas, supera em 6,5% a última previsão de importação global para o ano de 2023, quando em outubro de 2022 a expectativa era que as vendas totais alcançassem o equivalente a 9,69 milhões de toneladas em equivalente carcaça.

A Tabela a seguir apresenta os dados de importação de carne bovina pelos principais países compradores, em milhões de toneladas em equivalente carcaça, entre 2019 e a expectativa para 2023, segundo dados do USDA.

importação de carne bovina pela China

A importação de carne bovina pela China deve seguir em alta em 2023 e alcançar 3,52 milhões de toneladas em equivalente carcaça, crescimento esperado de 2,0% frente ao observado em 2022.

Pois é, a China deve participar com quase 35,0% do volume mundial de importação de carne bovina no ano de 2023, de longe o maior comprador global. E o importante é destacar que a estimativa do USDA para o país asiático era de compras equivalente a 2,85 milhões de toneladas em equivalente carcaça, valor muito abaixo da última revisão, apresentada em janeiro (3,52 milhões de toneladas).

Diante de um crescimento das vendas para a China em 2023, ainda que modesto frente ao resultado de 2022, o cenário segue favorável para o Brasil. E por falar no Brasil é importante destacar os dados de exportação de carne bovina no ano de 2022 (clique aqui) que podem ser superados pelos valores de 2023.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

O Farmnews apresentou também os dados que revelam os maiores importadores de carne bovina do Brasil nos últimos 5 anos, entre 2018 e 2022. Clique aqui!

E apesar da expectativa positiva para o ano quando o assunto é exportação, o preço do boi gordo no mercado interno segue em trajetória de queda devido a baixa liquidez desse início de ano e também pelas incertezas quando a capacidade da demanda interna em apresentar recuperação frente a uma expectativa de maior oferta de animais para abate ao longo do ano.

O preço futuro do boi gordo acumulou queda em todos os pregões nesse início de 2023, até o dia 16 de janeiro. Clique aqui e confira evolução do preço esperado do boi gordo para maio de 2023.

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo