Mercado

Preço corrigido do boi gordo em 2021 perde para 2020 em outubro

O preço corrigido do boi gordo em outubro de 2021 ficou abaixo do valor corrigido comparado ao mesmo período do ano passado.

Aliás, como ilustra a Figura abaixo o preço corrigido do boi gordo em 2021 ficou abaixo do mesmo período de 2020 não apenas em outubro mas também em setembro.

Pois é, embora em valor nominal o preço médio do boi gordo em outubro de 2021 (R$269,6 por arroba) tenha sido maior que no mesmo período de 2020 (R$264,7 por arroba), quando os valores são corrigidos pela inflação (IGP-M de setembro de 2021) o cenário foi outro.

A Figura a seguir apresenta a evolução mensal do preço do boi gordo (Cepea), corrigido pelo IGP-M de outubro de 2021, entre 2017 e a parcial de 2021, até outubro.

Fonte: Dados do Cepea e FGV (adaptado por Farmnews)

A queda no preço corrigido do boi gordo em relação a 2020 reforça o movimento de queda de preço em setembro e outubro de 2021.

A variação negativa de preço do boi gordo em outubro de 2021 foi a menor desde 2006, com queda de 10,8% em relação a setembro (clique aqui e saiba mais!). Inclusive o preço médio nominal de outubro de 2021 ficou abaixo de R$300,0 por arroba pela primeira vez desde dezembro de 2020.

Além do comportamento dos valores mensais, o Farmnews apresenta os dados do preço corrigido do boi gordo, média anual, entre 2012 e a parcial de 2021, até outubro. Clique aqui e confira!

E dentre as commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews (boi gordo, bezerro, milho e soja), todas caíram em outubro de 2021 mas apenas o boi gordo acumulou queda na parcial do ano. Clique aqui!

Vale destacar também que, com a recente queda no valor do boi gordo, o ágio da arroba do bezerro em relação a arroba do boi gordo dispara em outubro de 2021 e alcança o maior valor ao longo de série iniciada em 2000. Clique aqui e confira os dados!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Preço corrigido do boi gordo em 2021 perde para 2020 em outubro was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: