Mercado

Preço da arroba do bezerro supera R$400,0 pela primeira vez!

O preço da arroba do bezerro segue renovando máximas históricas em 2020 e, pela primeira vez supera a barreira de R$400,0 segundo Cepea.

Pois é ao longo de novembro de 2020 (Figura), o preço do bezerro superou R$400,0 por arroba pela primeira vez em termos nominais, uma vez que além da alta no preço do animais em Reais por cabeça, o peso médio dos animais comercializados apresentou queda no mês.

A Figura a seguir ilustra a evolução diária do preço nominal da arroba do bezerro, calculada a partir dos dados do Cepea, ao longo de 2020 (base Mato Grosso do Sul).

preço da arroba do bezerro
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

No dia 3 de novembro o preço do bezerro superou pela primeira vez o patamar dos R$400,0, cotado a R$405,6 por arroba, já que o valor do animal foi de R$2.298,6 e o peso médio de venda de 170,0kg.

Mas no dia 19 de novembro o preço da arroba do bezerro foi recorde, a R$432,2, resultado de um animal cotado a R$2.474,7 e um peso médio de venda de 171,8kg.

Na parcial do ano, até o dia 20 de novembro, o preço da arroba do bezerro acumula alta de 62,7%, variando de R$257,2 no início de 2020 a R$418,4.

E o preço recorde do bezerro tem refletido no estímulo da atividade de cria nunca visto anteriormente. Isso pode ser comprovado pela queda no ritmo de abate de vacas em 2020. Clique aqui e confira!

Aliás, o Farmnews apresenta os dados do preço corrigido do bezerro, ao longo de 10 anos, de 2011 a parcial de 2020. Afinal, como evoluíram os preços do bezerro em novembro desde 2011, em valores nominais e corrigidos pela inflação, medida pelo IGP-M de outubro de 2020? Clique aqui e confira!

Além do bezerro, clique aqui e confira os dados do preço corrigido do boi gordo em novembro, ao longo da última década, de 2011 a parcial de 2020.

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Preço da arroba do bezerro supera R$400,0 pela primeira vez! was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: