Mercado

Preço do boi gordo, bezerro, milho e soja em 2023, até o final de dezembro

O Farmnews atualizou os dados da variação do preço do boi gordo, bezerro, milho e soja ao longo de 2023, até o final de dezembro.

E vale destacar que, no ano de 2023, o boi gordo acumulou a menor queda entre as commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews, quando comparado ao valor que encerrou 2022. Por outro lado, a soja foi a que mais caiu, como mostram os dados da Figura abaixo.

A Figura a seguir ilustra a variação acumulada do preço nominal do boi gordo (Cepea), bezerro (Mato Grosso do Sul), milho (Cepea) e soja (Cepea, Paranaguá-PR), ao longo de 2023.

preço do boi gordo
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

O preço do boi gordo encerrou 2023 com queda de 12,0% frente ao valor final de 2022, perda menor que o bezerro, milho e soja, nessa ordem.

O boi gordo (Cepea) caiu 12,0% ao longo de 2023, variando de R$286,9 a R$252,3 por arroba entre o fim de 2022 e 2023. Apesar da menor queda entre as commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews, o preço do boi gordo em 2023 acumulou a maior perda anual, desvalorizando quase 20,0% frente ao valor médio nominal de 2022. Clique aqui e confira os dados!

Vale reforçar que o mercado futuro do boi gordo encerrou 2023 com perspectiva de recuperação a partir da segunda metade de 2024. Clique aqui!

O preço do bezerro (Cepea, Mato Grosso do Sul) caiu 16,8% em 2023 quando comparado ao valor que encerrou 2022. E por falar no preço da categoria de reposição, o Farmnews atualizou os dados médios anuais do preço do bezerro em pouco mais de 1 década, entre 2010 e 2023. Clique aqui!

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Aliás, os dados históricos do preço da categoria de reposição sugerem que o fundo de queda já possa ter sido alcançado. E por falar no assunto, o Farmnews também atualizou os dados do preço corrigido do bezerro desde 2010, indicando perspectiva mais favorável para 2024. Clique aqui e confira!

O milho (Cepea) foi o destaque de alta nos últimos meses de 2023, deixando de ser a commodity com a maior perda no ano (Figura). No acumulado de 2023 a queda do milho foi de 19,6%, variando de R$86,1 e R$69,2 por saca entre o final de 2022 e 2023, respectivamente.

Já a soja (Cepea, Paranaguá-PR) seguiu com preços praticamente estáveis na segunda metade de 2023 (clique aqui). Em 2023 o grão desvalorizou 22,7% frente ao final de 2022, cotado a R$142,5 por saca no encerramento do ano.

E mudando de assunto, muitos produtores ponderam sobre a viabilidade de utilizar derivativos na agricultura como meio de resguardar-se contra variações substanciais nos preços e evitar prejuízos em momentos de maior volatilidade. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo