Mercado

Preço futuro do boi gordo inicia março com valorização!

O preço futuro do boi gordo iniciou março em alta, embora a expectativa de curto prazo siga pressionada.

O preço do contrato para vencimento em maio de 2024, por exemplo, acumulou perda de 7,2% entre o final de 2023 e a parcial de março de 2024 (1), cotado a R$226,0 por arroba.

O mercado físico pressionado nessa fase do ano mantém igualmente limitada a expectativa de recuperação mais consistente do mercado futuro do boi gordo no curto prazo, apesar do ajuste positivo do contrato para maio de 2024 (primeira Figura).

A Figura ilustra a evolução diária do preço futuro do boi gordo para vencimento em maio de 2024 (BGIK24), em Reais por arroba.

preço futuro do boi gordo
Fonte: Dados da B3 (adaptado por Farmnews)

O preço futuro do boi gordo para maio de 2024 foi cotado a R$226,0 por arroba em março (1), valor R$9,1 por arroba ou 3,8% abaixo da referência no físico (Cepea, cotado a R$235,1 por arroba.

Aliás, desde dezembro de 2023 o preço esperado do boi gordo para maio de 2024 se mantém abaixo do valor praticado no mercado físico, indicando a perspectiva de queda para o período (segunda Figura). O preço esperado do boi gordo para maio de 2024, de R$226,0 por arroba projeta uma queda de 14,4% frente a média nominal observada em maio de 2023 (Cepea), de R$263,8 por arroba.

Vale lembrar que o Farmnews apresentou os dados do preço do boi gordo, bezerro, milho e soja nos meses de fevereiro, de 2018 a 2024. Clique aqui e confira!

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

A Figura ilustra a evolução diária do preço do boi gordo no mercado físico (Cepea) e futuro, para vencimento em maio de 2024 (BGIK24), em Reais por arroba.

preço futuro do boi gordo
Fonte: Dados da B3 e Cepea (adaptado por Farmnews)

Apesar das exportações de carne bovina em patamares recordes (clique aqui), essa queda de preço no físico era esperada, devido ao período do ano, quando tradicionalmente predomina uma maior oferta de animais para o abate e um consumo doméstico mais lento. Contudo, ao longo do ano é esperada uma gradativa recuperação, principalmente pela diminuição da oferta de fêmeas para o abate e uma demanda interna mais aquecida.

Vale lembrar também que o Farmnews atualiza, diariamente, os dados dos preços do mercado futuro do boi gordo (clique aqui), milho (clique aqui) e soja (clique aqui)!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo