Mercado

Preço futuro do boi gordo sem ágio frente ao mercado físico

O ágio do preço futuro do boi gordo frente ao mercado físico que foi destaque ao longo de março, acabou.

Pois é, logo após a confirmação do caso atípico de vaca louca no País, o mercado futuro do boi gordo antecipou a recuperação de preço em relação ao mercado físico, como ilustra a Figura abaixo, que apresenta os dados do contrato para vencimento em maio de 2023 (BGIk23) e do Cepea.

Vale lembrar que na primeira quinzena de março, a diferença do preço futuro do boi gordo para vencimento em maio de 2023 em relação ao preço do boi gordo no mercado físico (Cepea) chegou a R$26,0 por arroba no dia 7 de março, ou seja, um ágio de 9,8%.

Com o fim do embargo chinês no dia 23 de março, o preço do boi gordo (Cepea) acumulou valorização, enquanto o mercado futuro do boi gordo, apesar da alta no dia em que as exportações de carne bovina do Brasil voltaram à normalidade, caiu por 2 dias consecutivos (24 e 27 de março). Com isso, o preço futuro do boi gordo para maio de 2023 passou a ser cotado abaixo do valor praticado no mercado físico (Cepea). No dia 27 de março, o preço do boi gordo para vencimento em maio de 2023, de R$293,5 por arroba foi cotado a R$1,9 por arroba abaixo do valor praticado no mercado físico (Cepea), de R$295,4 por arroba.

A Figura a seguir ilustra a evolução diária do preço do boi gordo (Cepea) e do contrato futuro para maio de 2023 (BGIK23), em Reais por arroba, ao longo de 2023.

preço futuro do boi
Fonte: Dados da B3 e do Cepea (adaptado por Farmnews)

O preço futuro do boi gordo foi cotado abaixo do preço no mercado físico no dia 27 de março, o que não acontecia desde o final de fevereiro.

Na parcial de março, até o dia 27, o preço do boi gordo (Cepea) acumulou alta de 10,2%. Isso porque o preço da arroba encerrou fevereiro cotada a R$268,0 e no dia 27 de março o valor foi de R$295,4. No mesmo período o contrato para vencimento em maio de 2023 acumulou queda de 0,5%, com o preço variando de R$295,0 por arroba no final de fevereiro e R$293,5 por arroba no dia 27 de março.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

O mercado futuro antecipou essa alta no mercado físico do boi gordo que está sendo observada com o fim da restrição da carne bovina brasileira para exportação. Contudo, a expectativa de uma queda de preços no mercado futuro em relação ao físico tende a ser corrigida no curto prazo, principalmente com a maior estabilidade de preço do boi gordo.

Aliás, é importante lembrar que o preço do boi gordo segue em desvantagem quando comparado com as demais commodities, milho, soja e o bezerro quando comparando o comportamento de preços no curto e médio prazo. Clique aqui e saiba mais!

O preço do boi gordo voltou a acumular alta no ano, logo após o fim da suspensão dos embarques de carne bovina para a China. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo