Mercado

Preço futuro do milho cai mais de 20% e alcança mínima para setembro de 2023

O preço futuro do milho para vencimento em setembro de 2023 acumula perda acima de 20,0% no ano e renova mínima em abril.

O preço projetado do milho para setembro de 2023 (CCMU23) acumulou queda de 21,5% em 2023, até o dia 19 de abril. Isso porque o preço esperado do grão para setembro de 2023 encerrou 2022 cotado a R$89,3 por saca e no dia 19 de abril o valor foi de R$70,1 por saca, o valor mais baixo para o vencimento (Figura).

A Figura a seguir ilustra a evolução diária do preço do milho, no mercado físico (Cepea) e futuro (CCMU23), ao longo do ano de 2023, em Reais por saca (60kg).

preço futuro do milho
Fonte: Dados da B3 e do Cepea (adaptado por Farmnews)

O preço futuro do milho para setembro de 2023 acumulou perda de 21,5% na parcial de 2023, até abril (19), na mínima para o vencimento, enquanto a queda no mercado físico, no mesmo período, foi de 15,5%

Além do menor valor ao longo da série, o preço esperado do milho para setembro de 2023 de R$70,1 por saca ficou abaixo do valor praticado no mercado físico (Cepea), de R$72,8 por saca no dia 19 de abril. Isso mostra que a perspectiva futura do mercado do milho segue pessimista e projetando uma perda ainda maior que a atual.

E vale destacar também que o valor de R$70,1 por saca esperado para setembro de 2023 representa uma queda de 16,6% em relação à média nominal observada em setembro de 2022, quando naquele período o preço (Cepea) foi de R$84,1 por saca.

No mercado físico (Cepea), o preço médio na parcial de abril de 2023, até o dia 19, de R$77,9 por saca descola dos valores nominais observados no mesmo período dos anos anteriores (segunda Figura). O valor parcial de abril de 2023, de R$77,9 por saca foi a menor média desde dezembro de 2020 (R$75,3).

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

A Figura abaixo apresenta a evolução do preço médio nominal do milho (Cepea) entre janeiro de 2020 e a parcial de abril de 2023, até o dia 19, em Reais por saca.

Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

Vale destacar também que o preço do boi gordo caiu na parcial de 2023, até a primeira quinzena de abril, mas a soja foi o destaque negativo, com perda acima de 20,0%. Clique aqui e confira!

E não é apenas o milho que segue pressionado, para baixo, no mercado futuro. O preço futuro do boi gordo segue pressionado desde o início de abril, renovando a mínima para o vencimento em outubro de 2023. Clique aqui e saiba mais!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo