Mercado

Relação do preço do bezerro e o abate de vacas no 3º trimestre, de 2010 a 2023

O Farmnews atualizou os dados da relação do preço do bezerro e o abate de vacas no 3º trimestre, entre 2010 e 2023.

E antes de falar no abate de vacas, é interessante observar que o abate de bovinos no Brasil somou 8,93 milhões de cabeças no 3º trimestre de 2023, o valor mais alto da história para o período. E o aumento do abate de vacas contribuiu para essa oferta recorde de animais para o abate entre julho e setembro de 2023.

Como mostram os dados da Figura abaixo, o abate oficial de vacas no Brasil no 3º trimestre de 2023, de 2,40 milhões de cabeças, foi o maior para o período desde 2014 e acumulou o segundo ano consecutivo de alta.

O Farmnews também atualizou os dados da taxa de abate de vacas em relação ao total de bovinos abatidos no País no 3º trimestre de cada ano, entre 2014 e 2023. Clique aqui e confira!

A alta no abate de vacas no 3º trimestre de 2023 foi de 20,3% frente ao mesmo período de 2022 e de 21,3% em relação a 2021 que, aliás, foi o menor ao longo da série iniciada em 2010, somando 1,65 milhões de vacas abatidas.

Os dados oficiais do IBGE confirmaram o forte aumento do abate de vacas no 3º trimestre de 2023, como era esperado devido a fase do ciclo pecuário de longo prazo no País e o segundo ano consecutivo de variação negativa no preço do bezerro (Figura).

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

A Figura ilustra a evolução do abate oficial de vacas no Brasil (IBGE), em milhões de cabeças e a variação do preço médio nominal do bezerro (Cepea), entre os meses de julho a setembro, de 2010 a 2023.

relação de preço do bezerro
Fonte: Dados do IBGE e Cepea (adaptado por Farmnews)

A relação do preço do bezerro e o abate de vaca pode ser facilmente visualizada em 2022 e 2023, uma vez que a variação negativa no valor da categoria de reposição implicou no forte aumento do abate de vacas.

Pois é, e há quem diga que não existe ciclo pecuário ou ele não é tão claro. O fato é que a queda no preço da reposição, com variação negativa nos 2 últimos anos (2022 e 2023), refletiu no aumento do ritmo de abate de vacas e na oferta total de bovinos no País.

E por falar no preço do bezerro, há a expectativa que os valores passem a uma maior estabilidade, com gradativa recuperação a partir de 2024, o que indicaria uma diminuição na oferta de vacas e a consequente inversão, para alta no ciclo pecuário de longo prazo. Essa é a expectativa!

O preço da categoria de reposição apresentou recuperação, ainda que modesta, desde a mínima de setembro de 2023, quando foi cotado abaixo de R$2,0 mil por cabeça. Clique aqui e confira os dados do preço médio nominal do bezerro ao longo dos últimos anos!

Vale destacar também que o Farmnews comparou o preço futuro do boi gordo entre janeiro e maio de 2024 com o valor praticado no mercado físico no mesmo período de 2023. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo