Mercado

Taxa de abate de vacas volta a subir na parcial de 2022

A taxa de abate de vacas na primeira metade de 2022 voltou a aumentar, mas segue abaixo da média histórica.

Pois é, com o preço do bezerro em tendência de queda em 2022, o reflexo no aumento da intenção do abate de vacas voltou a crescer no ano e os dados parciais do IBGE comprovam essa tendência (Figura abaixo).

E por falar em preço do bezerro, o Farmnews apresenta a evolução do preço corrigido do bezerro em pouco mais de 2 décadas, desde o ano 2000. Clique aqui e confira!

A Figura a seguir apresenta dados trimestrais do abate de vacas, em milhões de cabeças, segundo dados do IBGE entre 2012 e a parcial de 2022.

Fonte: Dados do IBGE (adaptado por Farmnews)

Em 2022 o ritmo de abate de vacas aumentou. Isso porque no 2° trimestre de 2022 o total de vacas abatidas foi de 2,11 milhões de cabeças e o maior valor para o período desde 2019 (2,51 milhões de cabeças).

Vale lembrar que no 2° trimestre de 2021 o abate de vacas no Brasil somou 1,87 milhões de cabeças, valor 11,3% menor que no mesmo período de 2022. Ao longo da série iniciada em 2012 o abate de vacas alcançou o maior valor para um 2° trimestre do ano em 2013 quando alcançou 3,01 milhões de cabeças.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

A Figura abaixo apresenta a evolução trimestral da taxa de abate de vacas em relação ao total de bovinos abatidos no Brasil entre 2012 e a parcial de 2022, segundo dados do IBGE.

Fonte: Dados do IBGE (adaptado por Farmnews)

A taxa de abate de vacas no 2° trimestre de 2022 foi de 28,5% e o maior valor para o período desde o ano de 2019, quando o valor ficou em 31,7%.

No 2° trimestre de 2021 o abate de vacas ficou em 26,2% e o menor valor para o período do ano ao longo da série iniciada em 2012. Tradicionalmente, como ilustra a Figura acima, no 1° trimestre do ano a taxa de abate de vacas é maior, já que é quando as vacas que não emprenham na estação de monta são descartadas. Mas mesmo com o aumento das vendas em 2022, a taxa de abate nos primeiros 3 meses do ano ficou apenas acima do valor observado em 2021. Aliás, no 1° trimestre de 2021 e 2022 a taxa de abate de vacas ficou abaixo de 30,0%, diferente do praticado nos anos anteriores.

E mudando de assunto, o Farmnews apresenta dados da exportação de carne bovina, suína e de frango do Brasil ao longo da última década, de 2013 a parcial de 2022. Clique aqui e saiba mais!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo