Mercado

Competitividade do boi gordo volta a subir na parcial de maio de 2023

A competitividade do boi gordo voltou a melhorar frente as proteínas concorrentes, frango e suíno, na parcial de maio de 2023.

Isso porque a relação de preço entre o boi gordo e as proteínas concorrentes, voltou a cair na parcial de maio de 2023, indicando um preço mais alto do suíno e do frango frente ao boi gordo, tanto no mês anterior e como quando comparado a maio de 2021 e 2022. Lembrando que uma relação de preço entre o boi gordo e o suíno (primeira Figura) menor, indica um preço do suíno mais alto comparado ao boi gordo, o que indica uma maior competitividade dos bovinos.

A Figura abaixo mostra a relação do preço do boi gordo (Cepea) e do suíno vivo (Cepea, SP), ambos avaliados em Reais por kg, entre janeiro de 2021 e a parcial de maio de 2023, até o dia 19.

competitividade do boi gordo
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

A competitividade do boi gordo voltou a melhorar na parcial de maio de 2023, como resultado da queda na relação de preço do kg do boi gordo frente ao kg do suíno, que ficou em 2,68, valor menor que o mês anterior e maio de 2021 e 2022.

Pois é, o preço do kg do boi gordo foi 2,68 vezes maior que o preço do kg do suíno, ambos avaliados pelos dados do Cepea. Esse foi o menor valor para um mês de maio ao longo da série apresentada, ou seja desde 2021. Aliás, o mesmo acontece comparando o preço do boi gordo com o frango congelado (segunda Figura), uma vez que na parcial de maio o indicador mostrou um preço do kg do boi gordo 2,65 vezes maior que o frango congelado, o menor valor para um mês de maio ao longo da série iniciada em 2021.

A Figura abaixo mostra a relação do preço do boi gordo (Cepea) e do frango congelado (Cepea), ambos avaliados em Reais por kg, entre janeiro de 2021 e a parcial de maio de 2023, até o dia 19.

competitividade do boi gordo
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

No acumulado entre janeiro de 2021 e a parcial de maio de 2023, o preço do boi gordo passou a cair mais que o suíno, enquanto o frango foi o único que apresentou alta (terceira Figura). No período, o frango congelado (Cepea) foi o destaque positivo, com valorização acumulada de 12,6% ao contrário do suíno e do boi gordo que apresentaram perda de, respectivamente, 5,2% e 6,8%.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

A Figura a seguir ilustra a variação acumulada do preço do boi gordo (Cepea), do frango congelado (Cepea) e do suíno vivo (Cepea, SP) entre janeiro de 2021 e a parcial de maio de 2023, até o dia 19.

competitividade do boi gordo
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

No acumulado de 2023, por outro lado, o preço do boi gordo acumulou a menor queda comparado aos concorrentes (última Figura). No ano de 2023, até o dia 19 de maio, o preço do boi gordo acumulou perda de 8,1%, queda menor que o suíno (16,2%) e o frango (13,7%).

A Figura a seguir ilustra a variação acumulada do preço do boi gordo (Cepea), do frango congelado (Cepea) e do suíno vivo (Cepea, SP) ao longo de 2023.

competitividade do boi gordo
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

E por falar no preço do boi gordo, clique aqui e confira os dados da variação do preço do animal para o abate entre os meses de maio, em 10 anos, de 2014 à parcial de 2023!

O IBGE também divulgou os dados preliminares do abate de bovinos no Brasil nos primeiros 3 meses de 2023, mostrando alta frente ao mesmo período de 2022. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo