Mercado

Dados do preço corrigido do bezerro e o que esperar para 2023?

O Farmnews atualiza a evolução do preço corrigido do bezerro entre 2010 e a parcial de março de 2023.

E antes de falar no preço do bezerro corrigido pela inflação, vale destacar que entre fevereiro de 2022 e fevereiro de 2023 a categoria de reposição apresentou a maior queda acumulada entre as commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews (clique aqui). E nesse contexto, atualizamos também os dados da variação do preço do bezerro, boi gordo, dólar e do indicador de inflação (IGP-M) nos últimos 12 meses. Clique aqui!

O fato é que o preço do bezerro vem acumulando fortes perdas desde a segunda metade de 2021 (Figura), refletindo no aumento do abate de vacas e também em uma maior pressão no preço do boi gordo.

O preço do boi gordo, aliás, novamente sofre pressão negativa devido a suspensão temporária dos embarques de carne bovina brasileira para a China, o segundo embargo em menos de 2 anos. Cabe ressaltar, no entanto, que o preço futuro do boi gordo segue descolado do mercado físico, indicando expectativa positiva para os próximos meses. Clique aqui e confira!

A Figura a seguir apresenta a evolução do preço do bezerro (Cepea, Mato Grosso do Sul), corrigido pelo IGP-M de fevereiro de 2023, em Reais por cabeça, desde o ano de 2010.

preço corrigido do bezerro
Fonte: Dados do Cepea e FGV (adaptado por Farmnews)

Desde a máxima de abril de 2021, o preço corrigido do bezerro acumulou queda de 32,3% até a parcial de março de 2023, valor próximo da queda máxima observado no ciclo de queda anterior (Figura).

Isso porque no ciclo de queda anterior, o preço do bezerro (Cepea, Mato Grosso do Sul), corrigido pela inflação, acumulou queda de 34,5% (Figura). Essa queda foi calculada comparando o preço máximo corrigido de R$2.870,4 por cabeça em maio de 2015 e o valor mínimo de R$1.875,4 em setembro de 2018 (ciclo de queda anterior). No ciclo de queda atual, desde a máxima de abril de 2021 de R$3.555,0 por cabeça, o preço do bezerro acumulou perda de 32,3% até a parcial de março de 2023 (até o dia 3), de R$2,388,3 por cabeça.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

O preço do bezerro na parcial de 2023 acumula queda muito próxima da observada no ciclo de baixa anterior (32,3% versus 34,5%), o que pode sinalizar pouco espaço para quedas significativas da categoria no futuro. E caso essas quedas continuem, o ritmo de abate de vacas deve se intensificar ainda mais e gerar um novo movimento de alta para os preços da reposição, tão ou mais intenso que o observada entre os anos de 2020 e 2021.

O Farmnews atualizou também os dados da relação de troca de bezerros por boi gordo em fevereiro de 2023. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo