Mercado

Estoque mundial e maiores produtores mundiais de soja, previsão para 2023/24

O Farmnews atualizou os dados esperados do estoque mundial e dos maiores produtores de soja para a safra 2023/24.

O USDA revisou, em maio de 2023, os dados esperados de produção e do estoque mundial de soja para a safra 2023/24, com perspectiva de valores recordes, como mostram os números dos últimos 10 anos (Figura abaixo).

A Figura apresenta os dados da evolução do estoque final de soja e a produção mundial do grão, em milhões de toneladas, entre as safras 2014/15 e a previsão para 2023/24, segundo dados do USDA de maio de 2023.

Fonte: Dados do FAS-USDA (adaptado por Farmnews)

A produção mundial de soja deve alcançar 410,58 milhões de toneladas na safra 2023/24 e, caso confirmada a previsão de maio de 2023, será o maior valor da história. A produção mundial de soja deve alcançar o segundo ano consecutivo de alta e superando 400,0 milhões de toneladas pela primeira vez. Claro, se as previsões confirmarem e o clima ajudar.

Os dados de produção recorde do grão refletem no aumento do estoque final de soja no mundo, com previsão de 122,49 milhões de toneladas para a safra 2023/24. A estimativa projeta uma alta de mais de 20,0% no estoque final em relação à safra 2022/23 (101,04 milhões de toneladas)

Os dados esperados de produção dos 3 maiores produtores mundiais de soja, Brasil, EUA e Argentina devem apresentar forte alta em 2023/24.

A produção de soja brasileira na safra 2023/24 está estimada em 163,0 milhões de toneladas, valor 8,0 milhões de toneladas acima da safra 2022/23 (155,0 milhões de toneladas). O segundo maior produtor mundial, os EUA, igualmente deve aumentar a produção de soja em 2023/24, com estimativa de 122,7 milhões de toneladas.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

A Argentina, contudo, é o destaque, com perspectiva de recuperar a perda de produção na safra 2022/23 e adicionar mais de 20,0 milhões de toneladas à safra 2023/24, como destaca a Figura abaixo.

A Figura ilustra a perspectiva de produção de soja, por país, em milhões de toneladas, na safra 2022/23 e 2023/24, segundo dados do USDA de maio de 2023.

produtores mundiais de soja
Fonte: Dados do FAS-USDA (adaptado por Farmnews)

O fato é que todo esse contexto de aumento de oferta e da consequente alta do estoque final do grão, tem pressionado o preço da soja no Brasil que alcançou, na parcial de maio de 2023, o menor valor desde agosto de 2020, como mostram os dados da terceira Figura.

A Figura apresenta os dados médios nominais do preço da soja (Cepea, Paranaguá-PR), em Reais por saca, entre janeiro de 2020 e a parcial de maio de 2023 (até o dia 12).

Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

A queda no preço da soja tem contribuído para o aumento do poder de compra do pecuarista. Vale lembrar que o indicador de sacas de soja por arroba do boi gordo na parcial de maio de 2023 foi o melhor para um mês de maio desde 2019. Clique aqui e saiba mais!

O USDA tambem divulgou, em maio, nova previsão para a safra 2023/24 e os dados seguem pressionando o preço futuro do milho. Clique aqui e confira os dados!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo