preço da arroba do boi

Preço da arroba do boi gordo renova máxima em setembro, acima de R$250

Na parcial de setembro (16), o preço da arroba do boi gordo alcançou nova máxima, superando R$250,0 e acumulando alta de 30,0% ano ano.

A baixa oferta de animais para abate mantém os preços diários da arroba operando nas máximas nominais da série histórica do Cepea. No dia 16, o indicador do boi gordo Cepea fechou a R$250,90, com elevação de 5,6% no acumulado da parcial de setembro.

O fato é que o ano de 2020 vai ficar marcado, como um ano de preço recorde do boi gordo como do bezerro. O preço do boi gordo vem apresentando sucessivas altas e renovando máximas de uma maneira contínua em 2020. E em setembro (16) o indicador Cepea superou R$250,0 por arroba e, com isso, acumulando 30% de alta, uma vez que iniciou o ano a R$193,0 por arroba.

A Figura abaixo ilusra a evolução diaria do preço do boi gordo, segundo indicador Cepea, em Reais por arroba, ao longo de 2020.

preço da arroba do boi
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

E os números de abate divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) confirmam esse cenário de disponibilidade restrita de animais. Segundo o Instituto, no primeiro semestre de 2020, foram abatidas 14,55 milhões de cabeças de animais no Brasil, 8,63% menos que no mesmo período do ano passado e a quantidade mais baixa nessa comparação desde 2011.

Aliás, é importante lembrar também que o abate de bovinos no 1° trimestre de 2020 foi o menor em quase uma década no Brasil. Pois é, o ritmo de abate de bovinos no Pais nos 3 primeiros meses de 2020 foi o mais baixo desde 2011, segundo dados oficiais do IBGE. Clique aqui e saiba mais!

O Farmnews compara a evolução do preço do boi gordo e do bezerro em pouco mais de 20 anos, de 2000 a parcial de 2020 (setembro). Clique aqui e confira!

Adapado do Cepea

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Preço da arroba do boi gordo renova máxima em setembro, acima de R$250 was last modified: by