milho-export-fev-20

Apesar da queda na exportação, preço do milho foi recorde

Em fevereiro de 2020, apesar da forte queda exportação de milho do Brasil, o preço do milho foi recorde.

O Brasil exportou o equivalente a US$68,0 milhões em milho em fevereiro de 2020, valor 75,1% menor que o apurado no mesmo período de 2019 (US$276,7 milhões). Comparado ao mês anterior, janeiro de de 2020, a queda foi ainda maior, de 82,5%, uma vez que o faturamento no primeiro mês do ano foi de US$386,0 milhões.

No caso dos embarques, a queda foi ainda maior na base anual de comparação, de 78,3%, com os embarques caindo de 1,59 milhões de toneladas em fevereiro de 2019 para 0,34 milhões de toneladas em fevereiro de 2020. Em relação a janeiro de 2020 a queda foi de 84,9% já que o embarque de milho somou 2,26 milhões de toneladas no mês.

Contudo, apesar da forte queda no faturamento e ritmo de embarque, o preço do milho do Brasil no mercado internacional subiu. Isso porque em fevereiro de 2020 o preço médio foi de US$196,4 por tonelada, enquanto em fevereiro de 2019 e janeiro de 2020 as médias foram de, respectivamente, US$169,6 e US$173,2 por tonelada.

E apesar da queda das exportações de milho em fevereiro, no período o preço do grão alcançou o maior valor histórico em termos nominais. Clique aqui, confira os dados e saiba mais do assunto!

Aliás, no início de março o preço do do milho segundo indicador Cepea, superou pela primeira vez na história os R$54,0 por saca de 60kg.

E por falar em preço do milho que foi recorde em fevereiro, clique aqui e confira o uso e a importância dos mecanismos de proteção de preços no agronegócio!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Apesar da queda na exportação, preço do milho foi recorde was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!