Mercado

Taxa de abate de vacas no segundo semestre, o que esperar para 2023?

O Farmnews apresenta a evolução da taxa trimestral de abate de vacas dentro de cada ano, desde 2017.

O fato é que o ritmo de abate de vacas varia conforme a época do ano e, na segunda metade de 2023, assim como ocorre tradicionalmente, a oferta de fêmeas deve diminuir consideravelmente, como revelam os dados da primeira Figura.

O preço do boi gordo vem sofrendo forte pressão negativa em julho 2023, especialmente no mercado futuro (clique aqui), o que tem aumentado a insegurança do pecuarista para o restante do ano. O fato é que além de uma maior demanda de carne bovina, tanto interna como externa, a oferta de animais para o abate também tende a diminuir ao longo dos últimos meses do ano, principalmente de vaca.

A Figura ilustra a evolução trimestral da taxa de abate de vacas em relação ao total de bovinos abatidos no País, entre 2017 e 2022, segundo dados oficiais do IBGE.

abate de vacas
Fonte: Dados do IBGE (adaptado por Farmnews)

A taxa de abate de vacas é tradicionalmente menor na segunda metade de cada ano, diminuindo a oferta total de animais para o abate no período.

Apesar do aumento do abate de fêmeas desde 2022 devido a fase do ciclo pecuário (clique aqui), na segunda metade de 2023 a oferta de fêmeas para o abate deve diminuir consideravelmente devido à época reprodutiva.

Embora a taxa de abate de vacas tenha aumentado em 2023 frente ao mesmo período dos anos anteriores (clique aqui), nos próximos trimestres a oferta de vacas tende a cair, diminuindo a oferta de animais total para o abate e contribuindo para um cenário mais otimista de preço no 2° semestre do ano.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

E por falar na oferta de fêmeas para o abate, clique aqui e confira como evoluiu o ritmo de abate de vacas ao longo da última década!

Vale lembrar que o Farmnews atualiza, diariamente, os dados do mercado futuro do boi gordo. Clique aqui e confira!

A notícia positiva para o mês de julho foi a revisão dos dados do USDA que mostram o aumento da expectativa de produção e consumo mundial de carne bovina em 2023. Clique aqui!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo