Mercado

Troca de bezerros por boi gordo nos meses de fevereiro: maior valor desde 2014

Na parcial de 2023, a relação de troca de bezerros por boi gordo alcançou o maior patamar para um mês de fevereiro desde 2014.

Embora o mês de fevereiro esteja apenas começando, os dados iniciais (até o dia 3) já mostram uma expectativa de melhora no poder de compra, com o valor parcial de 2,05 bezerros por boi gordo de 16,5 arrobas, no maior patamar para um mês de fevereiro desde 2014 (Figura).

Essa melhora na relação de troca acontece porque o preço do bezerro segue caindo em 2023 e se distanciando dos valores médios observados no mesmo período dos anos anteriores (clique aqui) e, claro, com a queda da categoria de reposição superando a baixa apurada para o boi gordo.

No acumulado parcial de 2023, até o dia 3 de fevereiro, o preço do boi gordo acumulou perda de 0,2% e o bezerro de 9,4%, considerando o valor que ambos encerraram o ano de 2022. O boi gordo (Cepea) foi cotado a R$286,7 por arroba no último dia útil de 2022 e no dia 3 de fevereiro o valor foi de R$286,4 por arroba. No mesmo intervalo de tempo, o bezerro (Cepea, Mato Grosso do Sul) caiu de R$2.492,3 por cabeça para R$2.292,3 por cabeça.

Em fevereiro de 2023, até o dia 3, o valor médio do boi gordo de R$289,2 por arroba foi 15,0% abaixo da média nominal de fevereiro de 2022 (R$340,3). No caso do bezerro, o valor parcial de fevereiro de 2023 (R$2.326,8 por cabeça) foi 18,5% menor que a média nominal de fevereiro de 2022 (R$2.854,0).

A Figura a seguir ilustra a evolução da relação de troca média de bezerros (Cepea, Mato Grosso do Sul) por boi gordo (Cepea) de 16,5@ nos meses de fevereiro, entre 2010 e a parcial de 2023 (até o dia 3).

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp
troca de bezerros por boi
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

A troca de bezerros por boi gordo na parcial de fevereiro de 2023 foi de 2,05, o maior valor desde 2014.

A relação de troca de bezerros por boi gordo caso confirmada em fevereiro de 2023, será a maior desde 2014 (2,14) e a primeira vez acima de 2,0 desde 2019 (2,04 bezerros por boi gordo).

Ao longo da série iniciada em 2010, a relação de troca nos meses de fevereiro oscilou entre a máxima de 2,41 em 2011 e a mínima de 1,80 bezerros por boi gordo de 16,5@ em 2021. O valor médio para um mês de fevereiro ao longo do período foi de 2,05 bezerros por boi gordo de 16,5@.

Essa queda acentuada e contínua no preço da categoria de reposição aumenta a preocupação com relação ao ritmo de abate de vacas e o reflexo no preço do animal pronto para abate. O Farmnews inclusive atualizou os dados da relação entre o preço do bezerro e a consequência no ritmo de abate de vacas e discutiu melhor o assunto. Clique aqui!

É importante destacar que o grande desafio de 2023 será a provável venda do animal pronto para abate a partir da reposição realizada em 2021, quando a relação de troca foi a pior da história. Em outras palavras, o bezerro mais caro do ciclo provavelmente será negociado para abate em 2023, ano em que os preços do boi gordo seguem em queda frente a 2022.

O Farmnews comparou a evolução do preço do boi gordo na parcial de 2023 frente ao mesmo período dos anos anteriores. Clique aqui!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo