Indicadores

Sacas de milho por fertilizante, poder de compra em abril e maio de 2023

A quantidade de sacas de milho por fertilizante, valor de importação, voltou a subir em abril e maio de 2023.

A queda no preço do milho em 2023 tem pressionado, para baixo, o poder de compra do agricultor com relação aos fertilizantes. Em outras palavras, mais sacas de milho foram necessárias para importar 1 tonelada de fertilizante em abril e maio de 2023.

O indicador de quantidade de sacas de milho para importar uma tonelada de fertilizante (valores médios) embora não reflita a troca real do produto comercial, revela a tendência do poder de compra e pode ajudar o agricultor a melhor entender a relação do grão com os insumos, nesse caso os fertilizantes

O Farmnews destacou dados da queda no preço do milho que se intensifica ainda mais no início de maio e a perda acumulada no ano fica próxima de 30,0%. Clique aqui e saiba mais!

O preço médio de importação do fertilizante, aliás, voltou a cair em abril de 2023, tanto quando avaliado em dólares como em Reais (devido a valorização da moeda nacional), como destaca a primeira Figura.

A Figura a seguir ilustra a variação acumulada do preço do preço médio de importação do fertilizante pelo Brasil e do milho, entre janeiro de 2020 e abril de 2023.

sacas de milho por fertilizante
Fonte: Dados do MDIC-SECEX e Cepea (adaptado por Farmnews)

Entre janeiro de 2020 e abril de 2023 o preço do milho acumulou ganho menor que o preço médio de importação dos fertilizantes, tanto dos valores, avaliados em dólares e em Reais. No período, o preço do milho (Cepea) apresentou alta de 46,6%, enquanto o preço médio de importação das matérias-primas, em dólares e em Reais, subiu, respectivamente, 73,8% e 110,1%.

Em abril de 2023 foram necessárias, em média, 29,25 sacas de milho por fertilizante, valor médio de importação de uma tonelada de matéria-prima, o maior valor desde novembro de 2022.

Apesar da alta em abril de 2023, o poder de compra do agricultor segue melhor do que foi observado ao longo de 2022, quando o indicador oscilou na maioria dos meses acima de 40,0 sacas por tonelada de fertilizante, como mostram os dados da segunda Figura.

A Figura a seguir ilustra a evolução mensal do indicador que mede a quantidade de sacas de milho (Cepea) necessárias para importar uma tonelada de fertilizante (valores médios), entre janeiro de 2020 e abril de 2023.

sacas de milho por fertilizante
Fonte: Dados do MDIC-SECEX (adaptado por Farmnews)

É importante destacar também que o preço do milho caiu ainda mais na parcial de maio de 2023 e, considerando os valores de importação dos fertilizantes de abril, a quantidade de sacas de milho por tonelada de fertilizante aumentou ainda mais, reforçando a queda no poder de compra do agricultor, como revelam os dados da terceira Figura.

A Figura a seguir ilustra a evolução mensal do indicador que mede a quantidade de sacas de milho (Cepea) necessárias para importar uma tonelada de fertilizante (valores médios), entre janeiro de 2020 e a parcial de maio de 2023 (até o dia 8).

sacas de milho por fertilizante
Fonte: Dados do MDIC-SECEX e Cepea (adaptado por Farmnews)

O Farmnews também atualizou os dados de exportação de milho do Brasil, no acumulado até abril de 2023. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo