Mercado

Produtividade da pecuária de corte brasileira é recorde para o 2º trimestre!

Produtividade da pecuária de corte do Brasil, avaliada pelo peso médio de carcaça dos bovinos abatidos, foi recorde para um 2º trimestre!

A produtividade de quilogramas por animal aumentou no 2º trimestre de 2019 frente ao três primeiros meses de 2019 e ao mesmo período de 2018.

Os dados, divulgados pelo IBGE, mostram que a média da produtividade brasileira (levando-se em conta os abates de boi, vaca, novilho e novilha) no segundo trimestre de 2019 foi de 249,06 quilogramas de carcaça por animal (a maior, considerando-se os segundos trimestres de cada ano), acima dos 246,03 kg/animal observados nos primeiros três meses de 2019.

Aliás, o Farmnews apresenta os dados médios anuais de peso de carcaça de bovinos abatidos no País ao longo de 10 anos, de 2009 a 2018.

Em relação ao mesmo período do ano passado (2º tri de 2018), o avanço é de 1,38%. Dentre os principais produtores, destacam-se os estados de São Paulo e Mato Grosso, que registraram as maiores produtividades no 2º trimestre de 2019, como já verificado no ano anterior. Outro estado que se destacou foi o Tocantins, que teve o maior incremento na produtividade, de 6,09%, entre o 2º trimestre de 2018 e o mesmo período de 2019, com média de 251,88 quilogramas de carne por animal.

Pois é, e por falar na produtividade da pecuária de corte, os índices de produtividade da atividade de cria no Brasil mostram que ainda há muito espaço para melhoria.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

O Farmnews apresenta a evolução do estoque dos maiores rebanhos mundiais de bovinos e também a produção de carne bovina por país produtor e a respectiva perspectiva para 2020.

Confira também os dados de produção, consumo e mercado da pecuária de corte do Brasil entre 2014 e 2019.

Adaptado do Cepea

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo