abate de vacas

Abate de vacas recua a menor taxa dos últimos anos

O ritmo de abate de vacas no Brasil nos meses do 3° trimestre de 2018 atingiu o patamar mais baixo do período ao longo dos últimos anos.

A Figura a seguir ilustra a evolução mensal da taxa de abate de vacas no Brasil, entre janeiro de 2012 e setembro de 2018, segundo dados do IBGE.

 

abate de vacas

Fonte: Dados do IBGE (adaptado por Farmnews)

 

Como ilustra os dados da Figura acima, a taxa de abate  de vacas no Brasil, especialmente nos meses de agosto e setembro de 2018, está no mesmo patamar observado em 2015 e 2016, ou seja, no menor nível da série avaliada desde 2012.

E o interessante é avaliar que o ritmo de abate de vacas no 1° semestre de 2018 a estava acima do observado nos anos de 2015 a 2017. Esse aumento no ritmo de abate de fêmeas tradicionalmente é fruto do desestímulo a atividade devido a queda nos preços do mercado pecuário.

Pois é, mas a queda na taxa de abate de vacas no 3° trimestre de 2018 pode sugerir uma expectativa positiva de preços dos produtores para os próximos anos.

Nesse aspecto, o Farmnews apresenta os dados de abate de vacas no Brasil no 3° trimestre de 2018 e compara com os dados dos trimestres anteriores (clique aqui). No 3° trimestre de 2018 a taxa de abate de vacas no Brasil foi de 28,8%, enquanto no 3° trimestre de 2017, de 30,0%. Isso interrompe, pelo menos nesse 3° trimestre de 2018, uma sequência de aumento do ritmo de abate de vacas que vinha sendo observada ao longo dos últimos trimestres.

O Farmnews apresenta a evolução da taxa de abate de vacas no Brasil ao longo dos últimos 20 anos (clique aqui).

Vale destacar que o abate de bovinos no Brasil no 3° trimestre de 2018 alcançou o maior valor desde o mesmo período de 2014 (clique aqui).

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Abate de vacas recua a menor taxa dos últimos anos was last modified: by

Zootecnista, editor do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!