pesquisa operacional

Pesquisa operacional, qual sua importância no agronegócio?

Com o avanço da tecnologia e a necessidade de otimizar a eficiência das fazendas, a pesquisa operacional se torna cada vez mais importante.

A intuição foi por muito tempo a única estratégia possível no processo de tomada de decisões dentro das empresas. E no agronegócio isso, claro, não foi diferente! Isso acontecia devido a baixa disponibilidade de dados e o limitado poder computacional.

A complexidade dos sistemas agropecuários hoje em dia tem desafiado a capacidade dos pesquisadores e produtores para maximizar a eficiência no uso de recursos escassos.

Portanto, nem sempre a intuição e as experiências passadas dos gestores são suficientes para garantir que metas e objetivos previamente estabelecidos sejam atingidos.

Aliás, sobre esse assunto vale destacar o fato da tecnologia estar aproximando gerações no agronegócio. Clique aqui e saiba mais!

E por falar em simulação, a evolução de rebanho é uma parte fundamental do plano orçamentário de uma fazenda de pecuária de corte. Clique aqui e saiba mais do assunto!

Mas voltando ao assunto, a Pesquisa Operacional é um área do conhecimento que faz uso da matemática, estatística e da ciência da computação para encontrar soluções para problemas complexos entre uma série de alternativas conflitantes e concorrentes.

Há mais de 100 anos, modelos são construídos usando equações matemáticas para descrever componentes de sistemas agropecuários, porém só a partir de 1960 houve um progresso significativo.

Os avanços na indústria computacional, os quais proporcionaram equipamentos mais potentes, mais acurados e mais fáceis de usar, se tornassem disponíveis para gestores de diversas áreas, incluindo a agropecuária.

A simulação é uma das ferramentas mais relevantes da Pesquisa Operacional.  Dentre as principais vantagens da simulação, podemos citar:

  • gestão do tempo;
  • explorar novas possibilidades, métodos ou procedimentos sem incorrer em grandes despesas ou em distúrbios ao sistema real;
  • identificação de gargalos e;
  • auxiliar no planejamento com a possibilidade de observar a operação do processo a partir de vários ângulos.

O grupo de pesquisa do Laboratório de Análises Socioeconômicas e Ciência Animal da Universidade de São Paulo trabalha desenvolvendo ferramentas de apoio na tomada de decisões através de simulações, com o propósito de otimizar este processo.

Na área de gado de corte, o grupo de pesquisa encontra-se atualmente desenvolvendo um modelo de simulação que pretende, além de aprofundar os conhecimentos no sistema de cria de bovinos, auxiliar a tomada de decisão de produtores e profissionais referente à aplicação e entendimento dos futuros efeitos das biotecnologias reprodutivas sobre o desempenho técnico e econômico dos rebanhos bovinos de corte no Brasil.

O importante é destacar, nesse ponto, que as novas gerações de fazendeiros está muito atenta as tecnologias e a mudanças. Clique aqui!

E aqui cabe lembrar dos riscos de ser um pecuarista com índices medianos de produtividade. Clique aqui e saiba mais!

Siga o Farmnews, o canal de notícias do agronegócio!

Pesquisa operacional, qual sua importância no agronegócio? was last modified: by