Mercado

Dados da importação de adubos pelo Brasil em janeiro, de 2013 a 2022

A importação de adubos pelo Brasil no início de 2022 alcançou pela primeira vez a casa do bilhão de dólares em um mês de janeiro.

Esse recorde foi impulsionado pela forte alta no preço médio da matéria-prima importada pelo Brasil que mais que dobrou de preço entre janeiro de 2021 e 2022 (Tabela).

E por falar em adubos e fertilizantes, o Farmnews apresenta os dados anuais da importação de adubos pelo Brasil entre os anos de 2012 e 2021. Clique aqui e confira os dados!

A Tabela a seguir apresenta os dados de importação de adubos pelo Brasil, em receita, embarques e preço médio das matérias-primas em janeiro, de 2013 e 2022, segundo dados do MDIC-SECEX.

A importação de adubos pelo Brasil somou o equivalente a US$1,14 bilhão em janeiro de 2022, alta de 78,4% frente a janeiro de 2021 (US$0,64 bilhão).

Apesar do recorde de US$1,14 bilhão em janeiro de 2022, o embarque de adubo caiu frente a janeiro de 2021, passando de 2,72 milhões de toneladas para 2,31 milhões de toneladas. Aliás, o valor importado em janeiro de 2022 ficou abaixo dos valores observados em janeiro de 2021 e 2017 (Tabela). Pois é, mas apesar da queda no embarque em 2022, pelo menos no primeiro mês do ano, as compras foram mais de 2 vezes maior que a observado há 10 anos, já que em 2013 a importação de adubos somou 1,08 milhões de toneladas.

No primeiro mês de 2020 o preço médio dos adubos importados pelo País foi de US$0,50/kg, o maior valor ao longo dos últimos 10 anos, desde 2013 e, 110,4% acima do valor médio praticado em janeiro de 2021 (US$0,24/kg).

E mudando de assunto, ano de 2021 foi histórico para o agronegócio e o dólar foi fundamental para os valores recordes de exportação do ano. Clique aqui e confira os dados do dólar, média anual ao longo dos últimos anos e, a perspectiva para 2022!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Dados da importação de adubos pelo Brasil em janeiro, de 2013 a 2022 was last modified: by

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo