frango-paises-1semes-20-3

Importadores de carne de frango do Brasil no 1° semestre de 2020

O Farmnews destaca dados de compra dos principais importadores de carne de frango do Brasil na primeira metade de 2020.

A Tabela abaixo apresenta os dados de compra, em milhões de dólares, dos importadores de carne de frango do Brasil em 2020, até junho e compara os dados com o valor observado no mesmo período de 2019, segundo MDIC.

importadores de carne de frango

Na parcial de 2020, até junho, a receita com a exportação de carne de frango brasileira somou equivalente a US$2,85 bilhões, valor 7,9% menor que o apurado no mesmo período de 2019 (US$3,10 bilhões). Pois é, ao contrário da carne bovina (clique aqui) e suína (clique aqui) que tem apresentado forte alta no ritmo de exportação em 2020, a carne de frango apresenta queda no faturamento nos primeiros 6 meses do ano.

E dentre os principais importadores de carne de frango do Brasil, apenas China e Cingapura apresentaram alta nas compras no 1° semestre de 2020.

Além de ser o principal comprador de carne de frango brasileira, a China aumentou o ritmo de compra no 1° semestre de 2020 comparado ao mesmo período de 2019. Vale lembrar que nos 6 primeiros meses de 2019 o país asiático importou o equivalente a US$548,6 milhões em carne de frango, enquanto em 2020 o valor subiu para US$681,7 milhões.

A Figura a seguir ilustra a participação, no faturamento, maiores importadores de carne de frango do Brasil em 2020 até junho, segundo dados do MDIC.

Fonte: Dados do MDIC (adaptado por Farmnews)

Por falar em carne de frango, a relação de preço da carne bovina alcançou o maior valor dos últimos anos, mostrando a maior competitividade das aves em termos de preço no mercado doméstico. Clique aqui e confira!

E mudança de assunto, essa primeira metade de 2020 tem sido um ano de aprendizado, adaptações e também uma oportunidade para refletirmos sobre o agronegócio…mais uma vez. Clique aqui!

Receba os estudos do Farmnews no WhatsApp!

Importadores de carne de frango do Brasil no 1° semestre de 2020 was last modified: by