Mercado

Preço futuro do boi gordo para maio e outubro frente ao físico, no fim de janeiro

O Farmnews comparou a evolução do preço futuro do boi gordo para maio e outubro de 2024 frente ao físico no final de janeiro.

O fato é que o mercado futuro do boi gordo acumulou queda maior que a referência no físico (Cepea) em janeiro de 2024. Vale lembrar que o preço do boi gordo (Cepea) caiu 2,9% em janeiro, comparando com o valor que encerrou 2023. Na mesma base de comparação, os contratos para vencimento em maio e outubro de 2024 caíram, respectivamente, 4,4% e 4,2%.

Essa maior queda no mercado futuro do boi gordo refletiu em um maior deságio do contrato para maio frente ao físico, enquanto para o contrato para vencimento em outubro, o ágio caiu (Figura).

A Figura ilustra a evolução diária do preço do boi gordo no mercado físico (Cepea) e futuro, para vencimento em maio (BGIK24) e outubro de 2024 (BGIV24), em Reais por arroba.

preço futuro do boi gordo
Fonte: Dados da B3 e Cepea (adaptado por Farmnews)

O preço futuro do boi gordo para maio de 2024 encerrou janeiro cotado a R$232,7 por arroba, valor 5,0% abaixo da referência no físico (R$245,0).

Além de abaixo do físico no final de janeiro, o contrato para maio de 2024 projeta valores abaixo do praticado no mercado físico em maio de 2023. Isso porque em maio de 2023 o preço médio nominal do boi gordo (Cepea) foi de R$263,8 por arroba

O Farmnews apresentou os dados da variação do preço do boi gordo, bezerro, milho e soja ao longo de janeiro de 2024. Clique aqui e confira!

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

No caso do contrato para vencimento em outubro de 2023, o valor de R$250,1 no fim de janeiro ficou apenas 2,1% acima da referência no físico (R$245,0). Cabe ressaltar que o ágio para outubro já foi maior, como ilustra a Figura acima. Vale observar também que a média nominal do preço em outubro de 2023 foi de R$237,8 por arroba, ou seja, abaixo da perspectiva atual no mercado futuro.

O destaque positivo para o mês de janeiro ficou para o recorde de embarque de carne bovina brasileira para o mercado internacional (clique aqui). A relativa estabilidade do mercado físico do boi gordo também é um fator positivo em um período que tradicionalmente é marcado por uma demanda doméstica enfraquecida.

O TC, nosso parceiro de Educação Financeira explicou como funciona o contrato futuro de boi gordo e suas características. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo